7 de out. de 2020

Conheça os candidatos a vereador de Bacabal que já foram eleitos e agora querem voltar

O caminho para se alcançar um cargo eletivo, na maioria das vezes, é bastante difícil, quando se fala de vereador, é pior ainda. Esse ano em Bacabal 217 postulantes aguardam pelo julgamento do registro de suas candidaturas na Justiça Eleitoral. Se todos estiverem aptos a serem votados no dia 15 de novembro, data da eleição, farão parte da mais acirrada disputa dos últimos pleitos.


No meio dessa gente toda há 15 que concorrem à reeleição e mais 6 que tentam retornar ao poder legislativo.


Rogério Santos

Filiado ao Solidariedade, Carlos Rogério Santos da Silva, exerceu mandato de 2013 a 2016.


Prof. Gilmar Reis

Gilmar Silva Reis, do PSC, também teve a oportunidade de representar a sociedade bacabalense no parlamento municipal, de 2013 a 2016.


Dedê da Trizidela

David Sousa Santos, do MDB, não chegou a ser eleito, mas na atual legislatura ocupou uma cadeira na câmara na vaga da colega Natália Duda quando ela se afastou para assumir a Secretaria Municipal de Finanças e posteriormente a de Emprego e Renda.


Feitosa

Raimundo Cleudo Braga Feitosa, do Solidariedade, foi outro suplente que nesta legislatura assumiu por 4 meses. No caso dele, na vaga do titular César Brito.


Profa Luduína Tavares

Liduína Francisca Tavares de Sousa Lima, do PSOL, exerceu mandato, de 2009 a 2012.


Bebeto

Francisco da Conceição Pinto, do PDT, foi eleito em 2012 e exerceu mandato de 2013 a 2016.


Há também os que preferiram passar o bastão para alguém da família, é o caso do ex-vereador Telles. A filha Patrícia é quem concorre.