Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

09/10/2019

Prefeitura de Bacabal abandona máquina cedida pelo Governo Federal para perfuraração de poços

Máquina foi largada em terreno particular. Proprietário lamenta o descaso.
São constantes as reclamações da população bacabalense no que se refere ao abastecimento de água, no entanto, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) comete a irresponsabilidade de largar abandonada uma máquina  orçada em mais de 1 milhão de reais e que inclui tanque, guincho, e caminhão para transporte.

A perfuratriz cedida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, através de indicação do Deputado João Marcelo, segundo informa a própria prefeitura, tem autonomia de perfuração de até 200 metros.
Foto de arquivo.
Contudo, todos esses equipamentos encontram-se há três meses abandonados em um terreno no bairro Alto Bandeirantes. A área é particular e foi liberada pelo proprietário para a autarquia municipal perfurar um poço artesiano que abasteça  aquela comunidade.

A denúncia foi feita por Antônio Cutrim, o polêmico, que esteve no local.

Veja vídeo.
Essa prática irresponsável é comum no desgoverno Edvan Brandão/Roberto Costa. Recentemente a Secretaria de Estado da Infraestrutura anunciou que, ao tomar conhecimento da suposta má utilização de uma máquina tipo motoniveladora, marca XCMG, modelo 1803BR, e considerando a existência da cessão de uso para o município de Bacabal, resolveu instituir comissão de sindicância visando apurar a veracidade da notícia que relata a deterioração do equipamento.
A SINFRA cita como fonte a publicação do Blog do Sérgio Matias que tem o título “Prefeitura de Bacabal depena e abandona motoniveladora cedida pelo Governo do Estado”.

Segundo Portaria que consta no Diário Oficial do Estado, uma comissão composta por três servidores públicos procederá às oitivas e verificações que se fizerem necessárias para apurar o caso, e, havendo indício de irregularidade, encaminhará as informações aos órgãos competentes para providências necessárias.