Blog do Sérgio Matias

Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos. (Sócrates).

24/09/2019

Secretaria de Saúde ainda não atendeu notificação para devolver padrão original das ambulâncias do SAMU que há 17 dias foram "entregues", mas permanecem sem servir a população

Depois de tentar sem sucesso fazer promoção pessoal com a chegada das novas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) o deputado estadual Roberto Costa (prefeito de fato) e Edvan Brandão de Farias (prefeito de direito) ainda não deram nenhuma justificativa do porquê desses veículos permanecerem sem atender a população de Bacabal, isso dezessete dias após serem oficialmente entregues pela prefeitura durante solenidade em frente ao Hospital Geral de Bacabal.

Na oportunidade as ambulâncias, que chamaram a atenção por estarem sem o padrão do SAMU e com as cores da campanha eleitoral do prefeito - o que não é permitido pelo Ministério da Saúde -, desfilaram pelo centro e, no dia seguinte, voltaram às ruas para o desfile cívico de 7 de setembro.

Desde então estavam escondidas em  um galpão particular, no bairro Ramal, enquanto os veículos antigos continuam atendendo as ocorrências, isso quando possível, pois em alguns casos, de tão velhos, sequer conseguem chegar ao destino, obrigando as vítimas a buscarem socorro em garupa de motocicletas ou de outras formas.

Como meio de abrandar as cobranças e críticas, a Secretaria de Saúde ensaiou um terceiro desfile com parte delas, na manhã desta segunda-feira (23), esse com destino ao pátio da Ciretran e ainda com o pretexto de dá início a fase de emplacamento.
Quanto a descaracterização, como o blog já divulgou, ela terá que ser desfeita e devolvido o padrão original.

Até que o município obedeça as normas do SAMU, as ambulâncias permanecerão escondidas no galpão de Marcelinho Sergipano.
LEIA TAMBÉM: