Blog do Sérgio Matias

Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos. (Sócrates).

05/09/2019

ONG de Bacabal terá que ressarcir cofres públicos; são quase R$ 35 mil

Criada em novembro de 1998, a Associação Bacabalense de Entidades Não Governamentais-ABENG é suspeita de irregularidades na prestação de contas de convênio celebrado com o Governo do Estado do Maranhão, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social. A ONG comandada por Taugi Lago, atual secretária municipal da Mulher, é alvo de Processo Administrativo em trâmite na SEDES, que, além de investigar eventual ocorrência de dano ao erário, estabeleceu prazo para que seja feita a devolução de R$ 33.765,64 (trinta e três mil setecentos e sessenta e cinco reais e sessenta e quatro centavos) ou, que através de defesa escrita devidamente protocolizada, apresente os comprovantes relativos à referida despesa.
Taugi Lago ocupou outros importantes cargos públicos no município, como o de vice-prefeita. Ela é mãe do ex-vice-governador Jura Filho e esposa do ex-prefeito Jurandir Ferro do Lago.

As Organizações não Governamentais são sem fins lucrativos, constituídas formalmente e autonomamente, caracterizadas por ações de solidariedade no campo das políticas públicas e pelo legítimo exercício de pressões políticas em proveito de populações excluídas das condições da cidadania, mas, quase sempre, também servem de instrumento para promoção pessoal e política.