Blog do Sérgio Matias

Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos. (Sócrates).

30/08/2019

“Craque” contratado para triplicar faturamento do SAAE está pisando na bola com aliados do prefeito de Bacabal

Quando o governo municipal fez todo aquele alvoroço ao contratar um novo diretor para o SAAE de Bacabal,  constrangendo os antecessores ao intitula-lo como “craque”, também pode ter dado mais um tiro no pé.

Carlos Alberto Martins é engenheiro elétrico e já comandou o Serviço de Autônomo de Água e Esgoto de Caxias, tendo passado também pela Companhia de Água e Esgoto do Maranhão (CAEMA).

A vinda dele foi bancada pelo deputado Roberto Costa, interessando em aumentar ainda mais o faturamento da empresa. Para isso, como primeira medida, o novo diretor desativou os caixas para pagamentos de contas de água que funcionavam no escritório do próprio SAAE, devolvendo a função para as agências bancárias, onde o dinheiro estará mais seguro.

A segunda medida, igualmente voltada ao financeiro, foi intensificar as cobranças aos usuários com contas em atraso. Entretanto, o que os mandachuva do município não contavam era que os maiores devedores são justamente pessoas de posses atreladas politicamente à eles.

Resultado: só esta semana pelo menos  dois casos de corte no fornecimento de água foram parar na sala do novo diretor. Um ex-prefeito, apesar de chateado, foi compressivo e renegociou a dívida.

Já um empresário do ramo da comunicação tentou argumentar usando como pretexto a defesa que o seu canal de TV faz da gestão Edvan Brandão/Roberto Costa.

Carlos Alberto o ouviu atentamente, mas não abriu mão de só fazer a religação após receber o valor devido. Daí, o caldo entornou, uma outra situação, essa bem antiga, veio novamente à tona.

Termos de Doação

É que o empresário alegou um terreno, hoje de propriedade dele, que foi cedido pelo antigo dono para a perfuração de um poço artesiano do SAAE. O citado terreno fica na área onde funcionou o Parque de Exposições Agropecuária, a Expoaba.

Essa concessão, que na verdade o Blog do Sérgio Matias apurou trata-se de Termo de Doação, aconteceu durante a primeira gestão de Zé Vieira e que existem casos semelhantes: um poço em um terreno na Vila São João que pertenceria a uma já falecida liderança política da comunidade, e um outro localizado entre o Bosque Aracati e a avenida João Alberto, cedido à época por um ex-bancário que, posteriormente,  tentou sem sucesso ser indenizado.

O blog também teve a informação que os supostos Termos de Doação desses terrenos sumiram dos arquivos do SAAE.

Demissões

Retornando a falar das medidas do novo diretor, elas ainda não melhoraram a qualidade do abastecimento de água que é o mais importante,  mas afetaram ferrenhos defensores do governo. Alguns foram demitidos sumariamente, outros obrigados a retomarem ao posto de serviço.

Dos colocados para fora do emprego, alguns procuraram reverter a decisão tratando diretamente com o prefeito Edvan Brandão que, de imediato,  se eximiu de culpa e repassou o veredito para Roberto Costa, afinal, a última palavra é sempre a dele.