Blog do Sérgio Matias

"Prefiro os que me criticam, porque me corrigem, aos que me elogiam, porque me corrompem" (Santo Agostinho)

06/08/2019

BACABAL: Edvan Brandão e Roberto Costa querem jogar a “batata quente” do asfalto nas mãos de Flávio Dino

Esqueçam a garantia dada pelo prefeito Edvan Brandão (PSC) e pelo deputado estadual Roberto Costa (MDB), durante o período de chuvas esse ano, que haveriam 100 quilômetros de asfalto para recapear as ruas e avenidas de Bacabal. Nada daquilo era verdade e, como já dito, apenas serviu para acalmar os ânimos dos moradores que iniciavam uma série de protestos.

Há meses as chuvas se foram, o calor beira os 40 graus, e nenhuma pá do asfalto britado prometido apareceu. As nossas vias estão piores a cada dia e a população é quem continua tendo que se virar para tapar a buraqueira, seja com entulhos, barro, areia e até cimento. Material comprado com dinheiro do próprio bolso. Agora, sem ter mais o argumento das chuvas para justificar a falta de ação, prefeito (de direito) e prefeito (de fato) tentam jogar a batata quente nas mãos do governador Flávio Dino (PCdoB), de quem foram adversários na eleição. Nesta segunda-feira (5) os dois amanheceram batendo à porta do Chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Segundo Roberto Costa, a pauta da reunião foi Bacabal. “Estamos lutando em prol de melhorias para o nosso município. Reunião muito proveitosa, em breve, colheremos os bons resultado”.

Rodrigo Lago, secretário de estado de Articulação Política e Comunicação, também aparece na foto divulgada pela assessoria de marketing da prefeitura. Pelo que o Blog do Sérgio Matias teve conhecimento, nada ficou acertado na reunião relâmpago feita enquanto Marcelo Tavares caminhava pelos corredores do Palácio Henrique de La Rocque, bairro Calhau, em São Luís.

Muito solícito, o secretário só parou ao posar para a foto acima, já no interior do seu gabinete. Edvan não abriu a boca e Roberto foi quem falou por ele, como já faz aqui em Bacabal normalmente.

ENTENDA O CASO:

Edvan Brandão e Roberto Costa enganaram bacabalenses com garantia de 100 km de asfalto