Blog do Sérgio Matias

Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos. (Sócrates).

01/04/2019

Moradores de Bacabal já podem morrer tranquilos. Prefeito diz que garante preparação de corpo, caixão, mortalha, translado cadavérico e até o sepultamento

Se for necessário quem chore durante o velório a prefeitura diz que também dará um jeito. Há muitos asseclas ociosos.
A população bacabalense atravessa dias difíceis, perplexa diante de um gestor público municipal que parece ter lavado as mãos e entregado de vez o comando da prefeitura para terceiros, estes, aliás, operadores de absolutamente todos os processos para contratação de pessoal e serviços, arrecadação de tributos e impostos.

O liso ficou rico

Edvan Brandão de Farias não é hoje só considerado o pior prefeito de Bacabal, mas também é suspeito de enriquecimento ilícito. A ele são atribuídas aquisições de uma boa quantidade de bens móveis e imóveis que, como é de praxe neste tipo de crime, estão sendo colocados em nome de outras pessoas.

Por conta disso, todo e qualquer ato de sua gestão logo levanta suspeita mesmo quando, aparentemente, é por uma boa causa, a exemplo da contratação de empresa especializada na prestação dos serviços de preparação de corpo, translado cadavérico, serviço de sepultamento e fornecimento de urnas funerárias com mortalha destinados a atender a demanda da Secretaria Municipal de Assistência Social.
As empresas interessadas em participar da sessão do certame licitatório, que será realizada no próximo dia 08 de abril, poderão consultar gratuitamente na Sala da CPL na prefeitura a íntegra do Edital do Pregão com a estimativa do valor a ser pago por esses serviços.