Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

29/03/2019

Lílio Guega e Edvan Brandão negociam apoio da Prefeitura de Bacabal para a Turma do Quinto, de São Luís

Lílio Guega vem a Bacabal tratar do assunto com o prefeito.
Se não soubéssemos que o prefeito de Bacabal não manda em absolutamente nada, diante de tanto dinheiro público torrado em festas e extravagâncias, diríamos que ele é “da balada” , mas Edvan Brandão de Farias é mesmo só um homem envaidecido com as benesses que o cargo atualmente lhe proporciona, e não têm sido poucas. O atual prefeito não pode ver uma placa de venda.

Por outro lado tem deixado a cidade jogada às traças enquanto o deputado estadual Roberto Costa (MDB) e seus operadores fazem estragos na admistração.

Não bastassem a desordem e suspeitas de corrupção praticadas por eles, agora chega ao conhecimento da população que o centenário de Bacabal, comemorado em 2020, será tema do desfile de uma escola de samba de São Luís.

A homenagem não se dará de graça, certamente, custará algumas centenas de reais dos já combalidos cofres públicos do município que, em parte, irão parar no bolso de alguém.

Vale lembrar que esse ano, por falta desse incentivo financeiro, no carnaval organizado pela Prefeitura de Bacabal, sequer, aconteceu os tradicionais desfile e concurso de blocos. Aos brincantes foram oferecidos míseros 20 abadás, a maioria chateada nem recebeu. 

A notícia da homenagem que a escola de samba fará foi dada na manhã da segunda-feira (25) pelo cantor e compositor bacabalense José Lopes Filho, secretário adjunto municipal de cultural, através de seu blog. “a Turma do Quinto começará esta semana um trabalho de pesquisa com partes da história local que possa ser mostrada em forma de alas, personagens, alegorias e adereços”.

A ideia de homenagear o centenário de Bacabal é do diretor da Turma do Quinto, Lilio Guega, secretário municipal de saúde nas duas gestões do ex-prefeito Dr. Lisboa.

Em breve ele retornará a Bacabal para tratar valores com Edvan Brandão.

Para o leitor usar como parâmetro, a Prefeitura de Cuiabá   firmou contrato de R$ 3,6 milhões com a Estação Primeira de Mangueira, para a agremiação homenagear a capital mato-grossense em 2013. O enredo foi "Cuiabá: Um Paraíso no Centro da América".

O que Lílio Guega e o prefeito de Bacabal acordarem passará pelo crivo de Roberto Costa. Se nada for desautorizado pelo deputado, uma comissão da agremiação carnavalesca de São Luís montará a sinopse para que os compositores desenvolvam o samba enredo.

De já o blog sugere uma ala com os servidores demitidos por Edvan sem receber seus salários, outra com credores da campanha eleitoral e fornecedores da prefeitura vítimas de calote, além de carros alegóricos  trazendo como destaques o prefeito, o deputado e toda a corriola que está à frente da pior gestão que Bacabal já viu nestes quase 100 anos de emancipação política/administrativa.