últimas Notícia

banner-CL-NICA-M-DICA-POPULAR-GIF

17/03/2019

DEBANDADA! Secretária de Educação de Bacabal também vai entregar o cargo

Ivane Ramos (à direita) deve anunciar nesta semana a sua decisão de deixar o cargo.
Incapaz de ser protagonista das decisões da sua própria gestão, o prefeito de Bacabal, Edvan Brandão (PSC), tem aceitado inerte que terceiros operem esquema suspeito de desviar dinheiro dos cofres da prefeitura por intermédio de licitações fraudulentas, contratos superfaturados e uma infinidade de atos indevidos, que, tudo indica, o tem como um dos beneficiados.

Edvan vem apresentando um padrão de vida que não condiz com o patrimônio que dizia ter antes de assumir o cargo. Há ainda comentários dando conta da aquisição de fazendas, cabeças de gado, carros de luxo, apartamento na capital, posto de combustível em Barra do Corda, e outras extravagâncias enquanto o município padece.

Sem contar com a falta de infraestrutura que tem gerados inúmeros prejuízos e dores de cabeça para os moradores, há o serviço precário no abastecimento de água, demissões por perseguição política, falta de condições adequadas de trabalho nas unidades de saúde e até a bagunça na  área da educação.

Como a população é sabedora, o ano letivo já foi todo comprometido em função do atraso no início das aulas que teve cerca de três datas anunciadas e depois adiadas, sendo que somente no dia 11 de março é que efetivamente algumas escolas passaram a receber o alunado. Entretanto, boa parte ainda permanece em reforma criando mais dificuldades no aprendizado dessas crianças e adolescentes.

Esmorecimento
Secretária concedendo entrevista à equipe de marketing contratada por R$ 1,5 milhão para reverter a impopularidade da gestão e do prefeito. 
Nomeada no início da atual gestão como secretária adjunta, a professora Ivane Ramos Araújo de Oliveira  é quem até hoje responde pela titularidade da pasta da educação em substituição ao também professor Waltersar Carneiro que se afastou do cargo no ano passado para coordenar a campanha eleitoral de Edvan Brandão e nunca mais retornou.
Ele é atualmente uma espécie de secretário direto do prefeito.

Quanto a Ivane Ramos - que na gestão Dr. Lisboa desempenhou com a mesma função -  tem agora encontrado sérias dificuldades e barreiras, a começar por colocar em prática o planejamento para esse ano.

Era pretensão dela e de sua equipe iniciar ainda no período das férias do final de 2018 o projeto de reformas e ampliações dos prédios escolares, no entanto, a disputa feroz nos bastidores pela prestação desses serviços, estimado em quase R$ 3,5 milhões, impediu que acontecesse.

Empresas ligadas à vereadora licenciada Natália Duda e ao advogado Emílio Carvalho farão reformas de escolas com custo estimado em quase R$ 3,5 milhões

Somado a tudo, há o temor por parte dela em se comprometer com negociatas que imperam em todos os setores da administração municipal.

Por isso, segundo o blog apurou, Ivane Ramos pedirá exoneração do cargo de secretária nos próximos dias.
Silas Duarte entregou o cargo.

Quem também resolveu abrir não da função dada pelo prefeito foi Larissa Karen Bezerra Coelho, atual esposa do vereador Dr. Lula, que, muito embora tenha sido eleito na oposição há algum tempo compõe a bancada governista.

Ordenadora de despesas da Secretaria Municipal de Adminustração, ela, desde o começo do último mês de fevereiro - sem que fosse dada publicidade – foi substituída por Alberth Costa  Araújo, ex-chefe de Transporte do município, que também faz as vezes de intermédio na locação de veículos para a prefeitura.

A Portaria nº 45/2019 é de 07 de fevereiro desse ano.
Alberth tem agora a incumbência de tratar da contratação de obras, serviços e compras, mediante licitação ou sem, pressupondo a existência de recursos orçamentários.

Aparentemente a mudança não afetou a relação de Edvan Brandão com o Dr. Lula. Na última quarta-feira (13) o vereador foi um dos que votou pela rejeição da diminuição da taxa de Iluminação Pública, como exigiu o prefeito.

Quem será?

A pergunta que a população se faz no momento é quem será o próximo integrante do governo municipal a bater asas em debandada. 

EM TEMPO: Há informações ainda não confirmadas que o professor Carlos Gusmão substituirá Ivane e que pelo menos outros dois secretários estão estudando a possibilidade de entregarem os cargos.
banner-DO-ESTADO-2019.jpg