últimas Notícia

banner-DO-ESTADO-2019.jpg

23/03/2019

BACABAL: Assinatura de acordos para pagar débitos com clínicas e laboratório "derrubou" Silas Duarte

A saída do farmacêutico bioquímico Silas Duarte de Oliveira do comando da Secretaria Municipal de Saúde pegou algumas pessoas de surpresa e agora se sabe que foi causada, entre outras coisas, pelo descontentamento dele com o descumprimento do acordo que havia feito com proprietários de clinícas médicas e de laboratório de exames de análises clínicas que prestaram serviços ao município.

A assinatura do acordo teve o aval do advogado Valber Neto, procurador do município, e objetivava pagar os débitos parceladamente, alguns em até vinte vezes.

No entanto, o compromisso assumido pelo secretário não foi cumprido devido segunda ordem, no caso, do advogado Emílio Carvalho -  mesmo tendo sido substituído da Controladoria Geral do Município ele continua agindo como se fosse o responsável legal pela pasta – que desautorizou o pagamento das parcelas que começaria a ser feito no último dia 10 de março.

Silas, que já vinha se sentindo incomodado com outras ingerências, que, aliás, culminaram na demissão de sua própria esposa, então resolveu entregar o cargo na sexta-feira (15).

O Blog do Sérgio Matias teve conhecimento de pelo menos dois desses prestadores de serviços prejudicados com o não cumprimento do acordo, o Centro Médico Maurício Carvalho e o Laboratório Microlab.

Somada, a dívida da Prefeitura de Bacabal com essas duas empresas ultrapassa meio milhão de reais e também estão inseridos serviços prestados em gestões que antecederam a atual. 

Debandada

Dias depois da saída de Silas Duarte e diante de situações semelhantes de ingerências, a secretária de educação Ivane Ramos também entregou o cargo.

Outros integrantes do primeiro escalão da gestão Edvan Brandão planejavam fazer o mesmo e, para barrar a debandada, o deputado estadual Roberto Costa (MDB) mais uma vez tomou à frente e anunciou uma mini reforma administrativa.

As exonerações a pedido dos agora ex-secretários de saúde e educação foram publicadas no Diário Oficial do Município e as respectivas pastas já têm novos titulares.

No meio dessas mexidas de peças no tabuleiro há muita insatisfação, a principal delas é da vereadora licenciada Natália Duda (MDB) defenestrada da Secretaria de Finanças para dar lugar a Marcelinho Sergipano, ex-diretor do SAAE e homem de confiança de Roberto Costa.

Para evitar que Duda retomasse o mandato na câmara, ela foi nomeada para a Secretaria de Emprego e Renda.

LEIA TAMBÉM:

Novo secretário de saúde atribui indicação à Roberto Costa e Emílio Carvalho






banner-DO-ESTADO-2019.jpg