20/02/2019

Prefeito desativa perfis em redes sociais após receber críticas

Edvan Brandão de Farias (PSC) muito embora como prefeito disponha de assessoria técnica jurídica especializada e, ainda por cima, tenha contratado escritório de advocacia da capital por quase meio milhão de reais, é useiro e vezeiro de práticas que vão de encontro às leis e comumente confunde o público/privado.


Para ser breve, cito o exemplo de seus perfis nas redes sociais utilizados na campanha e onde passou a divulgar suas ações de governo, os transformando em espécies de canais extraoficiais de comunicação da prefeitura.


Com a contratação, sem licitação, de uma empresa de marketing por R$ 1,5 milhão, as irregularidade ganharam maior proporção, pois, com a árdua missão de reverter o índice de impopularidade do prefeito, a equipe passou a exaltar o nome de Edvan Brandão na publicidade institucional, configurando o desvio de finalidade, no intuito de autopromoção, considerada ilegal e lesiva à moralidade administrativa.

No entanto, nem isso ajudou a mudar o quadro e, pior, teve efeito contrário. A população indignada com o caos no município e as constantes denúncias de atos de corrupção na gestão, passou a cobrar providências justamente através de comentários feitos nos posts desses perfis, como mostrado pelo blog.


Com isso, na manhã desta quarta-feira (20) muitos internautas deram com os burros n’água ao tentar acessar, por exemplo, o perfil de Edvan no Instagram.

A página simplesmente foi desativada.

A no Facebook permanente ativa, porém, os posts foram excluídos, ficando apenas a foto do perfil e o vídeo com a mensagem de natal.

Quem quiser fazer algum tipo de cobrança ou protestar terá que recorrer à página da própria prefeitura, onde, como antes, continua havendo promoção pessoal em detrimento da publicidade meramente institucional.
EM TEMPO: Até às 11h56 desta quarta-feira o quadro era esse. Se por acaso esses perfis forem reativados é tão somente para tentar desacritar essas informações acima.