Blog do Sérgio Matias

"Prefiro os que me criticam, porque me corrigem, aos que me elogiam, porque me corrompem" (Santo Agostinho)

01/02/2019

DEDO DE ROBERTO COSTA? Prefeito Edvan perde prazo em ação eleitoral e se complica

Prefeito, de cara amarrada, esteve na posse de seu tutor na Assembleia Legislativa, na manhã
desta sexta-feira (1°).

O inferno astral do prefeito de Bacabal pelo visto anda longe do fim e se encaminha para um desfecho inesperado, pelo menos para ele.

Como gestor, Edvan Brandão de Farias por inexperiência e cobiça é useiro e vezeiro das mais variadas práticas de improbidade.

Quando postulante ao cargo que ora ocupa, agiu pior ainda e atualmente é alvo de uma ação de investigação judicial eleitoral que ainda tem como requeridos a vice-prefeita Graciete Lisboa (PSL), o deputado estadual Roberto Costa (MDB), o vereador Serafim Reis (MDB), e até o diretor do SAAE, Marcelinho Sergipano.

Ele e prefeito perderam o prazo para a apresentação da defesa. Veja abaixo.
A referida ação tem como requerente a coligação “Bacabal Vai Vencer de Novo” e trata de conduta vedada a agente público, abuso de poder político e do pedido de cassação de diploma.


Para ele a situação jurídica de Edvan Brandão se agravou consideravelmente e lembrou do contrato celebrado com um badalado escritório de advocacia de nossa capital, no valor de meio milhão de reais. Assista.
Ai tem dedo de Roberto

Assim como Dr. Bento Vieira há quem diga que por trás de tudo tem o dedo do deputado estadual Roberto Costa que até a prefeitura cair de paraquedas no colo de Edvan, era candidatissimo a prefeito, desejo que nutri até hoje.

Esse pensamento é compartilhado por muita gente, até de dentro do próprio governo.