Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

07/02/2019

BACABAL: Ex-prefeito Zé Alberto ganha prêmio de consolação

Quando assumiu o cargo de Prefeito de Bacabal interinamente e começou a cooptar apoio para se manter, Edvan Brandão (PSC) mirou como um dos seus primeiros alvos o ex-prefeito Zé Alberto Veloso.

Ao fazendeiro foram oferecidas mil e umas vantagens, parte delas cumprida prontamente. Ninguém da família do ex-prefeito ficou sem uma “boquinha” no governo.

A filha Monique Veloso, por exemplo, passou a responder pela unidade do Procon que, mesmo sendo uma autarquia do Governo do Estado, cabe ao município o papel de indicar o diretor local.

Não se dando por satisfeito, Edvan Brandão também levou para próximo de si o vereador Alberto Sobrinho (PRP) à época integrante do bloco de oposição na Câmara.

Como o nome sugere, o jovem parlamentar é sobrinho do ex-prefeito Zé Alberto.

A negociata foi fechada com a promessa que, em caso de vitória na eleição suplementar, o ex-deputado Alberto Filho (PP) assumiria a titularidade da Secretaria de Educação. Com o resultado positivo nas urnas, essa dívida começou a ser insistentemente cobrada por Zé Alberto que, do atual prefeito, ouvia sempre a mesma resposta: “quando janeiro [2019] chegar eu resolvo”.

Passaram-se os trinta e um dias do primeiro mês do ano, e nada.

Desconfiado que o compromisso não seria cumprido o ex-prefeito intensificou a pressão e ameaçou romper.

Como Edvan não se pode dar o luxo de perder mais aliados, resolveu ceder, porém, o deputado Roberto Costa (MDB) entrou em cena e tratou logo de avisar que não abriria mão da Educação, ocupada por uma apadrinhada dele.

Restou aos dois,  prefeito e ex, colocarem outras pastas do governo na mesa de negociação, e já tendo a ex-vereadora Doralice Veloso como postulante ao cargo, no caso, de secretária da Mulher, que atualmente é ocupada pela ex-vice-prefeita Taugi Lago;  ou ainda assumir a bem menos expressiva Articulação Política.

Porém, como fez o deputado, Taugi também colocou o pé na parede e não aceitou sair da Secretaria da Mulher.

Então o martelo teve mesmo que ser batido com o que restou.

O prêmio de consolação para a família Veloso foi dado nesta quinta-feira (7) no escritório da mansão do Controlador oficioso Dr. Emílio Carvalho, de onde partem as tomadas de decisões mais importante da prefeitura.

Na entrega da portaria à Doralice estava o prefeito acompanhado do filho secretário de Administração, o “Rei Davi”.

O vereador Alberto Sobrinho, filho da nova secretária, também levou seu apoio moral.