28 de mar. de 2015

Roberto Costa cobra professores para UEMA de Bacabal

A falta de professores nas instituições públicas de ensino é assunto preocupante, uma vez que compromete diretamente a qualidade do aprendizado dos alunos no estado. O tema foi abordado na tribuna da Assembleia, nesta quinta-feira (26) pelo deputado Roberto Costa (PMDB).

Citando como exemplo a Universidade Estadual do Maranhão, o deputado se mostrou preocupado com a falta de professores no campus em Bacabal. O parlamentar enfatizou que apesar das aulas terem começado, faltam professores para os cursos de Pedagogia, Letras, Enfermagem, Direito, Administração e Ciências.

Para reforçar a preocupação com o aprendizado desses alunos, Costa destacou dois pontos positivos referentes ao curso de Direito da UEMA de Bacabal: juntamente com o mesmo curso da UEMA de São Luís, foram os que tiveram a maior nota no Maranhão na última avaliação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) e cerca de 95% desses mesmos alunos foram aprovados no último Exame da Ordem dos Advogados.

“A UEMA é uma referência de ensino para todo o Médio Mearim, por isso pedimos ao Reitor e ao Governo do Estado, uma solução para esses alunos, que de forma recorrente sofrem com a falta de professores”, disse.

Atualmente os alunos esperam a realização de um Seletivo para contratação de professores, mas o deputado cobrou a realização de um concurso público como solução definitiva para sanar a carência de docentes na instituição.