Informa Maranhão

Contato: (99) 98857-2669 - WhatsApp

CORONA

26 de fev. de 2022

SWAT: Integrantes do Sistema de Segurança do Maranhão participam de capacitação tática nos Estados Unidos

Entre os dias 02 e 14 de fevereiro , dois integrantes do Sistema de Segurança do Estado do Maranhão participaram de um curso tático com integrantes da SWAT, no estado americano da Carolina do Norte. A SWAT é uma unidade de segurança americana treinada para executar operações de alto risco.


A Unidade de Treinamento Especializado do Gabinete do Xerife do Condado de Bladen recebeu o grupo internacional de profissionais da segurança altamente treinados e qualificados da Espanha e do Brasil para participarem de cursos, a fim de trocar ideias, técnicas e táticas que podem ser aproveitadas nos seus respectivos países.


O curso contou com mais de trinta policiais, a grande maioria americana, patrulheiros estaduais e oficiais de unidades SWAT de cidades vizinhas e de cidades integrantes do Condado de Bladen County (Cumberland County, Columbus County e outros) no estado da Carolina do Norte. Apenas quatro brasileiros participaram do treinamento , entre policiais civis e militares , e representando o Maranhão,estava o delegado Augusto Barros , da Superintendência Estadual de Investigação Criminal(SEIC) da Polícia Civil e o capitão Nasser Bezerra ,do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar.

Durante os quase 15 dias de curso , os policiais maranhenses foram treinados em Operações Assimétricas para Forças Internacionais de Segurança ,Rastreamento de Pessoas e Rastreamento Tático em Área de Floresta e Treinamento de Operações Táticas em Veículo de Patrulha,além de participarem de vários networks profissionais.


“Foram oferecidos cursos em especialidades importantes para policiais brasileiros que, além de atuarem em operações policiais, são também instrutores dos quadros das suas polícias, o que aumenta tanto o nível de segurança nas atividades desenvolvidas dentro das respectivas unidades de polícia, como também se projeta para um número maior de policiais a quem tais conhecimentos serão repassados durante as aulas de cursos de formação e capacitação”,disse o delegado Augusto Barros.


No ponto de vista do delegado Augusto Barros, os cursos certamente auxiliará no trabalho de gestão que faz parte do rol de atribuições da Polícia Civil e Militar do Maranhão.” Seja pela experiência internacional de participar e interagir com policiais de outros países, com outra cultura pessoal e profissional, seja pelo conteúdo técnico aprendido e treinado, o resultado certamente é de grande valia para o crescimento individual e para o aprimoramento enquanto operador e executivo de segurança pública. Com o curso e com as amizades feitas e treinamentos cumpridos, abrem-se novas possibilidades tanto para o aprimoramento da instrução de policiais (o que já fazemos), como também para futuras extensões em campos diversos que não apenas o das operações táticas especiais”, finalizou Barros.


Fonte: Ascom - PCMA