Informa Maranhão

Contato: (99) 98857-2669 - WhatsApp

CORONA

23 de fev. de 2022

Secretaria de Segurança Pública adquire softwares de Israel e USA que agilizarão perícias criminais

A Perícia Oficial de Natureza Criminal do Maranhão recebeu, esta semana, seis equipamentos que auxiliarão nas análises periciais feitas em celulares, imagens e gravações de vídeos. Os softwares juntos equivalem a um investimento de mais de R$ 2 milhões de reais.


Os equipamentos adquiridos têm origem israelense e norte-americana e são capazes de extrair dados em equipamentos eletrônicos, especialmente celular, conseguindo ter acesso a qualquer aparelho e com acesso total aos arquivos contidos neles, além de possuírem a capacidade de ter acesso a imagens registradas em aparelhos como câmeras de segurança, mesmo que elas estejam protegidas ou tenham sido apagadas.


Os softwares conseguirão dinamizar as análises realizadas pelos peritos deixando-as ainda mais confiáveis e dar mais agilidade às perícias que irão subsidiar os inquéritos policiais e as ações penais, contribuindo, ainda mais, para que seja possível comprovar a materialidade de diversos delitos como homicídios, fraudes, roubos, estupros e a identificação dos seus respectivos autores.


As ferramentas serão encaminhadas ao Institutos de Criminalística em São Luís, além das regionais de Timon, Imperatriz, que juntas atenderão toda a demanda do estado.


Para capacitar os peritos no uso dos softwares, os peritos encarregados pelo seu manuseio participarão de um treinamento no Instituto de Criminalística e que deve ser realizado já no próximo mês.


A aquisição faz parte da política do Governo do Maranhão e da Secretaria de Segurança Pública de investimento técnico e atualização dos equipamentos da Perícia Oficial com a aquisição de novas instalações e equipamentos mais modernos.


Coordenadora de Perícia da Grande Ilha, Anne Kelly Veiga, falou da importância dos nossos equipamentos para o trabalho pericial.


“Com esses equipamentos nós conseguiremos dar uma resposta mais rápida à população, que é a mais beneficiada com a aquisição desses equipamentos, já que nos possibilitará atuar na resolução de uma gama de crimes”, afirmou.


Ascom -  SSP