26 de mai. de 2020

Prefeitura de Bacabal decreta fechamento parcial da cidade a partir desta quinta-feira (28)

Informações da Assecom

A Prefeitura de Bacabal adotar medidas mais duras no combate ao coronavirus. O Decreto nº 636/2020 entra em vigor às 00h00 do dia 28 de maio e foi elaborado depois que o Prefeito Edvan Brandão discutiu com autoridades da Polícia Militar, Polícia Civil e Promotores do Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual sobre o aumento no registro de casos de pessoas infectadas pelo coronavirus nos últimos dias em Bacabal, inclusive com óbitos.
As novas medidas restringem a abertura de comércios, não mais sendo autorizada a abertura de armarinhos e casas de material de construção. As lojas também deverão permanecer fechadas durante o período de dez dias , não podendo funcionar sequer para o recebimento de pagamentos até o dia 07 de junho de 2020. 
A Vigilância Sanitária de Bacabal constatou que a flexibilização permitida até este momento estava levando mais gente para as ruas e muitas lojas e comércios apresentaram inclusive a formação de filas, geralmente sem controle algum, com as pessoas bem próximas umas das outras.
Sem tráfego de veículos na Central de Abastecimento
Um dos pontos que concentra bastante fluxo de pessoas é a Central de Abastecimento, na praça do Terminal Rodoviário. As novas medidas proíbem o tráfego de veículos naquele perímetro. Só é permitido o transito de veículos que transportam alimentos ou que tenham por objetivo abastecer os comércios daquela região.
Carros de lotação terão entrada proibida
Os carros de lotação que diariamente transportam pessoas de várias cidades vizinhas a Bacabal, terão a entrada proibida na cidade durante a vigência do Decreto nº 636/2020. 
Central de Abastecimento funcionará em sistema de rodízio
Os comércios, boxs e bancas (magarefes, peixeiros e verdureiros) instalados nas áreas interna e externa da Central de Abastecimento funcionarão em sistema de rodízio disciplinado pela secretaria de Finanças. 
O mercado municipal da Vila São João ficará fechado todos os dias da semana, com permissão para funcionamento somente no domingo. o Mercado Central, no Centro da cidade, funcionará apenas às terças-feiras e sábados, durante o período em que durar a vigência deste decreto.  
Avenida João Alberto e Estrada da Bela Vista.
A avenida de contorno e a Avenida Francisco Dias (Estrada da Bela Vista) também serão interditadas. Foi verificado que é grande a quantidade de pessoas que usam a avenida de contorno para a prática de atividades físicas, gerando aglomeração.   O mesmo ocorre com a Rua Projetada 19, que fica ao lado da concessionária Toyota.
A Estrada da Bela Vista, via que liga vários bairros ao centro de Bacabal, também será interditada, podendo passar pelas barreiras somente as pessoas que comprovarem que realmente estão a caminho do trabalho ou em busca de atendimento médico ou para a compra de medicamentos. 
O decreto municipal traz o modelo de declaração a ser preenchido e assinado pelos empregadores. 
Calçadão e  outra vias que serão interditadas
  • Toda a extensão do Calçadão da Rua Benedito Leite;
  • Toda a extensão da rua Capitão Ascenço;
  • Rua Maranhão Sobrinho no percurso entre a Rua Oswaldo Cruz a Rua Getúlio Vargas;
  • Rua Carlos Sardinha no percurso entre a Rua Oswaldo Cruz a Rua Getúlio Vargas;
  • Rua Getúlio Vargas no percurso entre a Rua Eurico Gaspar Dutra (Loja Avenida) e a Avenida Chico Marques (Forum Eleitoral);
  • Rua 28 de julho no percurso entre a Rua Getúlio Vargas e a Rua Oswaldo Cruz;
  • Rua Magalhães de Almeida no percurso entre a Rua Oswaldo Cruz e a Rua Getúlio Vargas;
  • Rua Rui Barbosa no percurso entre a rua Dr. Paulo Ramos e a rua Barão de Capanema;