30/04/2020

CORONAVÍRUS: APAC, Status Malharia e Prefeitura de Bacabal firmam parceria para confecção de máscaras

Dra. Gláucia Helen.
Desde que assumiu a 2ª Vara Criminal de Bacabal, a juíza, Dra. Gláucia Helen Maia de Almeida não tem medido esforços para realizar um excelente trabalho frente o órgão judicial.

Dentre muitas importantes iniciativas, está em andamento uma parceria entre a APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), a Status Malharia e a Prefeitura Municipal de Bacabal, que objetiva levar capacitação aos recuperandos através do trabalho e devolver à sociedade não somente uma pessoa ressocializada, mas benefícios obtidos através deles.
Na primeira etapa do projeto, a Status Malharia  forneceu máquinas de costura e funcionários foram colocados à disposição da unidade da APAC no sentido de orientar os participantes na confecção de EPI’s – máscaras em tecido e TNT -, que prontamente foram distribuídas às bairros carentes e locais de grande aglomeração. Numa segunda etapa, mais ampla, e passado o período de pandemia, o plano é sejam produzidas peças de roupas.
O poder público municipal está dando todo o apoio necessário, já que é extremamente importante projetos dessa natureza que beneficie os bacabalenses. 
Nesta quinta-feira (30) a APAC fez a doação de 70 máscaras aos funcionários da UPR de Bacabal.
Esse trabalho da APAC, que tem à frente o Padre Ribamar Cardoso Lima,  representa uma grande conquista para a cidade. “Esta obra é fruto da luta de muitas pessoas envolvidas no processo. É um sistema reconhecido de auxílio à Execução Penal, que reforça a dignidade dos recuperandos, promovendo a Justiça Restaurativa e contribui com o processo de ressocialização e retorno à convivência em sociedade".

A APAC de Bacabal é dedicada ao público masculino nos três regimes de cumprimento de pena: fechado, semiaberto e aberto.