Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

25/09/2019

Pacientes denunciam falta de médicos, ventiladores e lençóis no Hospital Geral de Bacabal

Cama sem lençol no Hospital Geral de Bacabal.
Apesar dos milhões e milhões que têm sido destinados pelo Governo Federal para a promoção de políticas públicas voltadas à saúde em Bacabal, o setor padece e carece de quase tudo. Nesta postagem iremos nos ater ao Hospital Geral, o popular Socorrão, onde a população constantemente reclama da falta de médicos, de ventiladores e, pasmem, até de lençóis para os pacientes que estão sendo obrigados a leva-los de casa.
Pacientes usando lençóis que levaram de casa.
Fatos como esses surpreendem não só em função do alto volume de dinheiro que a Secretaria Municipal de Saúde dispõe, mas porque recentemente Edvan Brandão de Farias (prefeito de direito) esteve naquela unidade fazendo a entrega de lençóis. Foi tanta badalação que quem estava pelos corredores e nas enfermarias do hospital chegou a imaginar se tratar da chegada de algum equipamento de ponta. Houve até um assecla mais empolgado que chegou a se queixar com o prefeito pela não presença da bandinha municipal Santa Cecília. "Doutor prefeito, o evento bem que merecia".
Assim que as fotos ganharam as redes sociais logo choveu de críticas e zoações.
Nesta terça-feira (24) pacientes e acompanhantes voltaram a denunciar o descaso pelas redes sociais. Com o intuito de abafar e desqualificar a informação dessas pessoas, o deputado Roberto Costa (prefeito de fato) acionou o marqueteiro Fabão, que passeia pela Europa, para arregimentar uma equipe de filmagem e enviá-la para o Hospital Geral.

Chegando lá, os pacientes que aguardavam há horas e horas por atendimento protestaram mais uma vez. “Tirando fotos para dizer que é o melhor atendimento do mundo. Essa palhaçada não tem nem médico, o povo morrendo. É gritaria, é chororô”, disse uma moça enquanto fazia imagens pelo aparelho celular.
A bagunça no hospital público do município não se restringe a isso. Em outra gravação um senhor aparece aguardando atendimento encostado no balcão da recepção e, acreditem, sentado em sua bicicleta, ao estilo Drive Thru, que permite ao cliente comprar o produto sem sair do carro. 
LEIA TAMBÉM:

E TOME DINHEIRO! Quase R$ 800 mil entraram nos cofres da Secretaria de Saúde de Bacabal no último dia 17


Secretaria de Saúde ainda não atendeu notificação para devolver padrão original das ambulâncias do SAMU que há 17 dias foram "entregues", mas permanecem sem servir a população