Blog do Sérgio Matias

"Prefiro os que me criticam, porque me corrigem, aos que me elogiam, porque me corrompem" (Santo Agostinho)

04/08/2019

INTERCEPT BACABAL: Em fala atribuída a Roberto Costa ele se assume como prefeito e convoca aliados a “passar por cima” de críticos

Edvan Brandão, o prefeito de direito, e Roberto Costa, o prefeito de fato.
Com o advento da internet é cada dia mais comum surgirem informações relacionadas a pessoas famosas, outras nem tanto, envolvidas em situações embaraçosas. Algumas são fatos, muitas são notícias falsas, as famigeradas fakes news que pelo mundo afora têm causado sérios problemas.

Por estarem quase sempre na berlinda em função dos cargos públicos que ocupam, os políticos geralmente são os maiores alvos dos fatos e/ou dos fakes, como é o caso do áudio que o Blog do Sérgio Matias teve acesso na semana passada.

Na fala a pessoa se apresenta como sendo o deputado estadual Roberto Costa (MDB), mas, que, no entanto, se assume como “prefeito de Bacabal” e convoca aliados políticos e, supostamente, servidores públicos municipais contratados, a se unirem contra os críticos da gestão Edvan Brandão, legitimo chefe do executivo. A gravação teria sido compartilhada pela linha de transmissão do aplicativo de conversas WhatsApp, onde só fazem parte pessoas muito próximas ao deputado e que são da sua mais inteira confiança.

Em determinado trecho do áudio a pessoa se refere a “passar por cima dessas pessoas” e “continue a nossa luta”.

Bom dia galera! Aqui quem estar falando é o prefeito de Bacabal Roberto Costa e é preciso que a gente continue a nossa luta, a divulgação do nosso trabalho nas redes sociais para que a gente possa passar por cima dessas pessoas. E, para isso, eu mais uma vez peço o empenho de vocês, a ajuda que vocês sempre me deram, no sentido de nós levarmos ao máximo os compartilhamentos de todo o nosso material da rede social. Um abraço.”

Se a fala do deputado (ouça abaixo) é fato ou fake só é possível saber através de uma perícia técnica ou ele assumindo a autoria. Há ainda a possibilidade dele, de tão apegado ao cargo de prefeito, ter se confundido na hora de se apresentar.

A verdade é que a gravação quase que implorando a ajuda de correligionários coincide com o ápice da impopularidade da atual gestão municipal, onde tanto Edvan Brandão como Roberto Costa têm sido massacrados pela opinião pública, sobretudo, nas redes sociais.

Isso, vale sempre lembrar, é por conta do deputado, desde o primeiro dia de governo, dá a última palavra em tudo. É ele quem emprega, desemprega, licita, contrata, faz pagamentos ou deixa de honrar com fornecedores.

Foi Roberto, aliás, quem intermediou a contratação do marqueteiro Fábio Gomes, o Fabão, que utilizando empresa de terceiros venceu uma licitação de cartas marcadas no valor de R$ 1,5 milhão. Contudo, a negociata até agora só surtiu efeito no bolso deles, a desejada melhora na imagem da gestão e do gestor ficou no papel.

SAIBA TAMBÉM:

O GATO COMEU! R$ 5 milhões que Roberto Costa garantiu assegurados para reforma e ampliação de ponte evaporaram e obra nunca saiu do papel