Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

05/08/2019

FORA DE CONTROLE! Advogado Emílio Carvalho e controlador geral do município quase vão as vias de fato no meio da rua em Bacabal


Mesmo os apaziguados tentando passar para a opinião pública bacabalense que ainda é possível esperar algo de positivo da atual gestão municipal, o dia a dia diz o contrário. A onda de insatisfação crescente em meio a população também existe nas entranhas do poder executivo e os desentendimentos entre os integrantes da alta cúpula e subordinados começam a ecoar até fora das quatro paredes.


Já na quinta-feira (1º) o clima voltou a esquentar, dessa vez olho no olho, mas envolvendo outros personagens, esses em papeis de mais destaque e, até por isso, com mais holofotes, muito embora poucos espectadores tenham assistido a cena que começou no escritório da mansão do advogado Emílio Carvalho, na Manoel Alves de Abreu, indo parar literalmente no meio da rua.

Quem viu contou que Emílio Carvalho e o PM Maksondeygon Farias de Castro Pinto, que já fez as vezes de seu segurança particular, estavam com os ânimos exaltadíssimos e só não chegaram as vias de fato porque um outro policial militar, amigo de ambos, interveio. Informação não confirmada até a publicação dessa matéria dá conta que a ex-prefeita de São Luís Gonzaga do Maranhão, Maria José Carvalho, mãe de Emílio e que reside em frente, teria passado mal.

A causa da discussão é desconhecida do blog, mas pode ter ligações com a Controladoria Geral do Município, pasta que os dois comandam simultaneamente. Emílio na prática tomando as decisões e despachando com secretários, coordenadores, vereadores governistas e até com o prefeito; e Maksondeygon Farias assinando embaixo.

Entenda o caso
No início do governo Edvan Brandão, Emílio Carvalho foi nomeado como controlador geral do município. Pouco tempo depois, para a surpresa geral, abdicou do cargo e ele mesmo indicou o PM para substitui-lo, apesar do mesmo não ter absolutamente nenhuma qualificação técnica para ocupar função tão relevante na administração.

Edvan Brandão, como sempre, não fez nenhuma objeção até porque só foi informado da troca na hora de assinar a portaria que você rever abaixo.
A tabelinha entre Emílio e o seu “ex-segurança particular” parecia afinada, tanto é que em seguida um segundo policial militar, da relação de amizade deles, foi nomeado como assessor especial da Secretaria de Administração e novamente sem o conhecimento prévio do prefeito.

Depois se soube também que o imóvel pertencente à família Carvalho, onde Emílio despacha, é alugado pela prefeitura e, diferentemente de outros prédios locados pelo município, está com o pagamento rigorosamente em dia.

A expectativa agora fica por conta do desfecho dessa discussão. Assim que ele ocorrer o Blog do Sérgio Matias conta qual foi.