últimas Notícia

banner-DO-ESTADO-2019.jpg

22/03/2019

LÁGRIMAS DE CROCODILO! Legião de admiradores de Zé Vieira fez valer sua vontade e desmontou circo armado pelo grupo João Alberto

Prefeito que traiu Zé Vieira não escondeu o remorso enquanto, logo atrás, novo secretário de Finanças estampava um sorriso.
A relação recente e estreita de pessoas ligadas a Zé Vieira - ou mais precisamente aos bens que eram dele - com o grupo João Alberto causou constrangimentos e reacendeu o fanatismo dos eleitores do ex-prefeito.

Zé Vieira nem bem havia dado o último suspiro em um hospital da capital paulista e já havia gente se topando nos corredores da prefeitura para produzir notas e preparar uma homenagem póstuma que incluiria o discurso de Edvan Brandão (PSC) quando da passagem do cortejo com o caixão em frente a sede do poder executivo.

Edvan Brandão, ex-aliado de Zé Vieira, citaria alguns momentos deles juntos, mas, óbvio que se esquivaria de falar da traição que deu início ao plano para tomar  a cadeira de prefeito.

Antes mesmo que o corpo chegasse a Bacabal a possibilidade de haver esse discurso gerou muitas críticas e, temendo que Edvan fosse hostilizado pela legião de admiradores de Zé Vieira, o cerimonial da prefeitura resolveu se ater a confecção de bandeirinhas e distribuição de flores.

Para quem não sabe ou faz de conta que esqueceu, foi Edvan Brandão - no exercício da presidência da Câmara de Vereadores e por orientação do deputado estadual Roberto Costa (MDB) – quem afastou Zé Vieira do mandato por duas vezes ao assinar ato declarando a vacância do cargo de prefeito e, depois, assumindo interinamente a prefeitura de onde custeou com dinheiro público a sua campanha na eleição suplementar, em outubro do ano passado.

Outra preocupação dos integrantes do grupo João Alberto era evitar a aproximação de políticos verdadeiramente aliados e fiéis politicamente a Zé Vieira, como o vereador licenciado César Brito, o deputado estadual Carlinhos Florêncio e o ex-vice-prefeito Florêncio Neto. Mas, como se esqueceram de combinar com a legião de admiradores do ex-prefeito, que, independente da vontade de um ou outro que agora se curva aos caprichos da prefeitura, o circo foi desmontado.

Com todos esses contratempos a população se despediu com emoção do seu maior e mais amado líder político.
banner-DO-ESTADO-2019.jpg