últimas Notícia

banner-DO-ESTADO-2019.jpg

21/02/2019

Prestes a deixar o MDB, Coronel Egídio eleva o tom e diz que prefeito de Bacabal não tem coragem

Considerada a pior até hoje em Bacabal, a gestão do prefeito Edvan Brandão (PSC) tem suas particularidades, uma delas é curiosa e inédita, pois não há no momento oposição no que tange a classe política. As cobranças e denúncias partem única e exclusivamente de uma centelha da imprensa local e maciçamente por parte da população, seja nas redes sociais, rodas de conversas, papos de botequins e por aí vai.

Mas, na manhã desta quarta-feira (20) o Blog do Sérgio Matias até trouxe um caso que ocorreu há 26 anos e o comparou com um bem atual, o do Coronel Egídio, vereador exercendo primeiro mandato e ainda filiado ao MDB.

A publicação – Que a história não se repita – faz um alerta ao parlamentar para que o quanto antes desça do muro e tome posição a favor do povo. Alguns entenderam como uma ofensa, mas era mesmo só um alerta.

Taxa de Iluminação Pública

Já um tempo depois o vereador esteve no escritório da Companhia Energética do Maranhão (CEMAR) solicitando da empresa os valores da arrecadação com a Taxa de Iluminação Pública no ano de 2018, e repassados mensalmente a prefeitura.

De acordo com o Coronel Egídio, a iniciativa visa dar suporte a ação judicial que ele ingressou tentando tornar inconstitucional a lei municipal que autorizou o aumento da cobrança. “Essa lei que tanto está causando mal a população bacabalense, porque foi um aumento de mais de cem por cento, isso não é justo”, disse o vereador.

Coronel Egídio vai além e elevou o tom afirmando que já conversou pessoalmente com o prefeito a respeito da taxa. “Eu já conversei com o prefeito Edvan Brandão, mas eu não sei por que ele não tem coragem. São oitocentos e setenta mil reais tirados por mês, que sai das pessoas mais humildes, mais pobres da nossa cidade. Vamos acabar com essa lei”, concluiu.

A saída dele do MDB também são favas contadas..

banner-DO-ESTADO-2019.jpg