Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

19/02/2019

Prefeito "arrota" comer bem, mas se esquece que servidores demitidos também são merecedores

Os dias dos finais de semana geralmente são os que as pessoas têm disponíveis para passar ao lado da esposa, esposo, pais e dos filhos. As mais abastadas ainda põem uma mesa farta para saborear com convidados. Foi assim com o prefeito de Bacabal, por exemplo.

Em sua fazenda onde passou a morar depois de eleito, no povoado Bela Vista, Edvan Brandão (PSC) também despacha com secretários municipais, assessores e correligionários como foi o caso do deputado federal João Marcelo (MDB), filho do ex-senador João Alberto.

Parte da conversa entre os dois, no último sábado (16), foi na sombra de uma árvore antes do almoço preparado pela primeira-dama. “Teve peixe grelhado, capote cozido e bode assado, que ninguém é de ferro”, escreveu o prefeito nas redes sociais.

O deputado agradeceu a hospitalidade. "Com meu grande amigo @edvanbrandaooficial no último sábado, no povoado Bela Vista, em Bacabal. No almoço, peixe, capote e bode cozido no leite de coco. Uma delícia!!! Tudo preparado com muito carinho pela primeira dama, D. Neidinha".
O momento foi registrado pela equipe de marketing contratada sem licitação por R$ 1,5 milhão para acompanhar os passos de Edvan e tentar reverter o altíssimo índice de sua impopularidade que pôde ser sentida nos comentários dos internautas.

Alguns fizeram lembrar ao prefeito que, diferente dele, muitos dos pais e mães demitidos da prefeitura por perseguição política não têm sequer o básico na mesa para dar aos filhos. Outros postaram vídeos mostrando o caos.
O prefeito encerrou o texto de sua postagem utilizando a hashtag “orgulho de ser bacabalense”, frase que é obrigado a citar em todas as entrevistas e que virou o novo slogan de sua gestão.

O “Bacabal no Rumo Certo” foi deixado de lado porque não combinava de nenhuma forma com a realidade do município, jogado às traças e sem rumo.