Blog do Sérgio Matias

Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos. (Sócrates).

01/02/2019

Bolada de R$ 8 milhões e servidores ainda com salários atrasados em Bacabal


Como publicado pelo Blog do Sérgio Matias na última quarta-feira, nos dias 30 e 31 de janeiro o Banco do Brasil creditou na conta das prefeituras e estados, já descontados os 20% (vinte por cento) para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB, os recursos correspondentes à terceira parcela do mês de janeiro de 2019 dos Fundos de Participação - FPM/FPE.

Como também creditado no FUNDEB o valor referente às retenções de 20% do FPM, FPE e IPI – Exp.

O município de Bacabal, por exemplo, abocanhou mais de R$ 10 milhões, desse montante R$ 8.363.329,06 destinados à educação. Contudo, ainda assim, a prefeitura foi incapaz de atualizar o pagamento dos servidores contratados da pasta.

Pelo que a própria Semed informou, estão sendo pagos, ainda correspondentes ao mês de dezembro 2018, os salários a Gestores Escolares, Professores, Asg’s, Vigias e Aux. Administrativos.

Apenas os efetivos estão com os salários em dia.

Um fato novo é em relação ao 13º salário de 2019 que, em consonância com o sindicato da categoria, será pago a cada mês, de acordo com a data de aniversário do servidor. A medida é para tentar evitar que se repita o que aconteceu em 2018 quando o prefeito Edvan Brandão descumpriu todos os prazos.

Nas redes sociais servidores contratados protestaram e se questionaram a razão do município não ter atualizado seus vencimentos e, inclusive, ameaçam fazer manifestação na porta da prefeitura, no entanto, o que eles devem se lembrar é que nenhum dos prefeitos costumam frequentar o prédio do poder executivo.

Edvan Brandão, o prefeito, despacha da sua fazenda na zona rural. Dr. Emílio Carvalho, o Controlador, do seu escritório em casa.