Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

25/02/2019

Aos pobres de espírito que não aceitam a opinião dos lisos

Pessoas íntimas do prefeito de Bacabal estão bastante incomodadas com as críticas que uma pequena parcela da imprensa e a população em massa têm feito a gestão municipal.

A chateação desses asseclas é até bem mais do que a do próprio Edvan Brandão (PSC) dedicado exclusivamente a coisas mais relevantes pra ele, como adquirir fazendas e cabeças de gado.

Enquanto isso, sem ter ações positivas para defender a gestão e o gestor, essas pessoas contra-atacam com agressões verbais e adjetivos como “pobres’ e “mortos de fome”, dando a entender que o prefeito merece continência, é patrão do povo e não o contrário.

Esse tom de ameaça é uma das formas que encontram para tentar conter a insatisfação sentida por toda a cidade.

Aqueles que não são amordaçados por temer perder seus empregos ou contratos com a prefeitura, sofrem outros tipos de pressão, o achincalhe é uma dessas armas.

Pobreza não é defeito. Passar fome Deus não permite.

O que esses asseclas não sabem é que nem todo lar tem um pai de família com condições financeiras de colocar caviar na mesa com o dinheiro fácil e farto de prefeitura, muito menos bancar outros luxos.

O pão de cada dia da maioria dos bacabalenses é suado e nunca sobra para ser investido em extravagâncias.