Blog do Sérgio Matias

Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos. (Sócrates).

18/01/2019

Suspeito de matar menor em bar é preso por assalto

Russo é suspeito de matar menor a tiros.
Por volta das 22h30, desta quinta-feira (17), dois indivíduos avistados por uma guarnição policial em atitude suspeita, em uma motocicleta Honda/Pop 100, branca, foram perseguidos após desobedecerem ordem de parada. Na tentativa de empreender fuga a dupla acabou perdendo o controle do veículo e caindo. Contudo, antes que os policiais se aproximassem, um deles se evadiu, deixando para trás o comparsa, detido e identificado como Edgar Saldanha Costa, de 20 anos de idade, morador do bairro Vila São João.

Ele portava um revólver calibre .38, com cinco munições intactas.

Edgar foi reconhecido pelas vítimas como sendo um dos autores do assalto a mão armada ocorrido minutos antes em uma residência na rua Maranhão Sobrinho, centro de Bacabal, quando dois aparelhos celulares e a quantia de duzentos reais foram subtraídos dos moradores.
Arma apreendida com Edgar.
Russo chegando a delegacia.
Edgar e Russo.
Veículo utilizado pela dupla de assaltantes.
Após várias incursões a guarnição conseguiu localizar o outro assaltante. Trata-se de Russo Vigésimo Oitavo, morador do bairro Vila Graciete, de 23 anos de idade.

O dinheiro e os aparelhos celulares roubado das vítimas não foram encontrados.

Russo é suspeito de homicidar o menor Ronald Charles dos Santos Almeida, 17 anos de idade, atingido a bala, por volta das 22 horas do dia 30 de dezembro do ano passado, quando se encontrava na companhia de amigos em um dos bares localizados na avenida Francisco Marques, também conhecida como avenida Bambu, no centro de Bacabal.

Ronald,  que residia na rua Cleomenes Falcão, foi socorrido na garupa de uma motocicleta e levado ao Hospital Regional Laura Vasconcelos, mas não resistiu.

Os tiros acertaram o rosto e tórax do menor.

Russo chegou a se apresentar na delegacia após o período do flagrante e liberado depois de prestar depoimento. Ele teria confessado a autoria do crime.

Bandeira 2

Na permanência da Delegacia do 1° Distrito Policial para onde foi levado nesta quinta-feira (17) ele foi entrevistado pelo repórter Romário Alves (TV Difusora) e novamente admitiu ter matado o menor.

A alegação para o crime é que a vítima estaria lhe ameaçando de morte e, que, inclusive, ja teria tentado contra sua vida.

'Quem morre é santo. Quem mata é o diabo. É sempre assim", disse Russo.