últimas Notícia

banner-CL-NICA-M-DICA-POPULAR-GIF

14/01/2019

Suspeito de matar desafetos é preso após denúncia anônima à PM

 
Após denúncia anônima, uma guarnição do 15° BPM conseguiu localizar e deter Issac Lima Sousa, de 18 anos de idade, homiziado em uma residência na rua dos Prazeres, bairro Trizidela, em Bacabal,  e de posse de uma arma de fogo, que, segundo ele, foi adquirida no município de Alto Alegre do Maranhão, por quinhentos reais.

Issac é homicida e teria confessado pelo menos dois desses crimes à polícia.

As vítimas, identificadas pelas alcunhas de “Macacal” e “Zomin”, teriam sido mortas por desavenças.

Ainda de acordo com ele, a arma apreendida, de calibre  ponto 32,  foi a mesma utilizada para executar “Zomin”.
Issac também confessou ter em sua "lista negra" um indivíduo de alcunha “Piu-piu” que estaria lhe ameaçando de morte.

Macacal

No final da manhã do dia 02 de março de 2018, uma sexta-feira, Gealison Fernandes da Silva, de 19 anos de idade, conhecido pela alcunha de 'Macacal', foi perseguido por um grupo e esfaqueado no bairro Trizidela.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência chegou a prestar socorro e encaminhar a vítima ao Hospital Regional Laura Vasconcelos, porém, ela não resistiu.

Até então não se sabia a autoria das três facadas que tiraram sua vida.

Zomin

Ronilson de Oliveira Costa, 18 anos de idade, conhecido como “Zomin”, morador do bairro Trizidela, acusado de vários crimes, inclusive, homicídios, foi morto a bala na manhã do dia 17 de dezembro de 2018, portanto, há menos de trinta dias.

O crime ocorreu na comunidade em que ele residia.

Uma das vítimas de “Zomin” foi o homossexual Iarley Ribeiro, crime pelo qual ele havia sido preso no dia 17 de agosto do ano passado, quando, na oportunidade, concedeu entrevista para o repórter Romário Alves (TV Difusora) confessando participação em outros homicídios.
banner-DO-ESTADO-2019.jpg