Responsável por explosivos usados em assalto em Bacabal é natural de São Paulo e também foi preso

04/12/2018
Wagner César de Almeida (foto acima), de 45 anos de idade, natural de Osasco, Estado de São Paulo, é um dos bandidos detidos pela Polícia Militar do Maranhão na noite desta segunda-feira (3), no município de Santa Luzia do Paruá.

De acordo com o delegado Jader Alves, titular da Delegado Regional de Zé Doca, Wagner confessou ser integrante do bando responsável pelo assalto a central de distribuição do Banco do Brasil, em Bacabal, e foi o responsável pela utilização dos explosivos detonados para ter acesso ao local.

A missão dele, além de manusear as bananas de dinamite, era evitar que as cédulas de dinheiro fossem queimadas durante a explosão.

No momento da detenção do bando ele estava na cabine do caminhão, parado na barreira policial, que ainda transportava dentro do baú outros 11 bandidos (três foram mortos em confronto com os policiais).

Motorista do caminhão

Derli Luís Gilioti, de 43 anos de idade, motorista do veículo SR/RANDON, ano 2005/2005, de cor branca, placa MEH-6721, São Paulo/SP, teria sido, segundo a polícia, contratado por trezentos mil reais para resgatar o bando. Ele, natural de Chopizinho, no Paraná, também se encontra preso e foi entrevistado pelo repórter Romário Alves, da TV Difusora/Bacabal.
Entre o farto armamento apreendido com os bandidos haviam fuzis com alto poder de fogo, capazes de derrubar aeronaves.

As cédulas que estavam no caminhão foram levadas para a sede da Delegacia Regional de Zé Doca onde foram contabilizadas até por volta das 15 horas desta terça-feira, totalizando mais de R$ 48 milhões que estão sendo transportados sob forte escolta policial para São Luís em carros-fortes da Prossegur.
Bandeira 2

Romário Alves (TV Difusora) conversou com o delegado regional Jader Alves e acompanhou todos os detalhes do caso que serão exibidos nesta quarta-feira (5), a partir das 6h45, no programa Bandeira 2.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: