Blog do Sérgio Matias

"Prefiro os que me criticam, porque me corrigem, aos que me elogiam, porque me corrompem" (Santo Agostinho)

09/12/2018

PREFEITO OSTENTAÇÃO! Edvan Brandão volta a torrar dinheiro em evento de luxo em Bacabal


A situação financeira do agora prefeito foi o principal mote da sua campanha.
Se o assalto milionário a central de distribuição do Banco do Brasil tivesse ocorrido antes dos dias 7 e 8 do último mês de novembro, quando o prefeito de Bacabal torrou quase ou mais de meio milhão de reais em uma festa particular para comemorar sua vitória na eleição, certamente alguém suspeitaria que ele estaria entre as tantas pessoas que se aproveitaram da ocasião para juntar parte da grana que os bandidos deixaram para trás, isso porque Edvan Brandão (PSC) há bem poucos dias se autodeclarava um homem liso.

A farra de dinheiro com bandas caríssimas foi bastante criticada pela população, com exceção, é claro, dos apaziguados que também desfrutaram direta ou indiretamente dessa extravagância enquanto servidores estão sendo demitidos, muitos sem receber os salários devidos, ruas cheias de lama e buracos, boa parte dos bairros sem água potável nas torneiras, e praças e avenidas até agora sem merecer uma lâmpada sequer como decoração de natal.

Como se isso não bastasse, em meio ao caos o prefeito ostentação, como Edvan Brandão já vem sendo chamado, deu mais uma amostra que os tempos para ele, diferente da população, são outros, de muita grana no bolso e nenhuma preocupação com a cidade.

Neste sábado (8) a alta sociedade parou para participar, numa casa de eventos, de mais uma luxuosa festa particular bancada pelo prefeito, o aniversário de 15 anos de sua filha, que, certamente, é mais que merecedora, e essa não é a questão.

O que impressiona é de onde tem saído tanto dinheiro para bancar as farras de Edvan. Do bolso dele que até um mês atrás era liso ou dos cofres públicos da prefeitura? Pois até sentar na cadeira de prefeito, o atual gestor era apenas um rapaz latino americano, sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo do interior [do povoado Bela Vista para ser mais preciso].

Mas nada disso, nem o que ainda há de vir, foi e será por falta de aviso, pois nas redes sociais já é nítida a insatisfação e decepção.