Jornalista de Brasília questiona razões de valor milionário em agência bancária assaltada em Bacabal

06/12/2018

A Coluna Esplanada, do jornalista Leandro Mazzini, publicada no Diário Comércio, Indústria e Serviços, de Brasília, traz diariamente as notícias mais relevantes do Legislativo, Judiciário e Executivo que impactam direta ou indiretamente todos os setores da sociedade brasileira.

Na edição digital e impressa desta quarta-feira (5) um dos temas abordados, de maneira sucinta, foi o assalto a central de distribuição do Banco do Brasil, em Bacabal, no último dia 25 de novembro, onde se estima terem sido roubados R$ 100 milhões.

O montante vultoso levado, além de fazer do assalto um dos maiores do país, repercute nacionalmente até hoje e, por isso, também tem sido motivo de especulações e questionamentos como o que é feito pelo jornalista da capital federal.
Mistério de Bacabal
O assalto é assunto da polícia. Mas autoridades se perguntam: Por que uma agência bancária de uma pequena cidade no meio do Maranhão tinha R$ 100 milhões no cofre?
Bacabal

Muito embora a instituição bancária não deva se manifestar quanto a isso, é provável que dúvidas como essa surjam em virtude da grande imprensa nacional desconhecer a potencializa do município de Bacabal e ainda insistir que o assalto foi numa agência, quando na verdade o alvo do bando se concentrou em uma central de distribuição do Banco do Brasil responsável por valores financeiros de várias agências da região.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: