21/12/2018

ELEIÇÃO DA CÂMARA: Prefeito de Bacabal "elege" nova mesa diretora para blindar seus desmandos

Quarteto escolhido pelo prefeito para blindar seus desmandos.
Como já era esperado o prefeito de Bacabal, Edvan Brandão (PSC), novamente não honrou com a palavra e nem com seu dever e deixou de cumprir nesta quinta-feira (20) o último prazo para o pagamento do 13º salário dos servidores. A irresponsabilidade acarretará multa ao município e, consequentemente, causará dissabores para esses pais e mães de família que viviam a expectativa de ter uma ceia de natal farta assim como terão, por exemplo, os vereadores que nesta sexta-feira (21) se reuniram em sessão extraordinária para a escolha da nova mesa diretora da câmara.


A chapa única, escolhida a dedo pelo prefeito, composta por Manuel da Concórdia (presidente), Dr. Lula (vice-presidente), Sobrinho Veloso (1º secretário) e Reginaldo do Posto (2º secretário), foi eleita para o biênio 2019/2020.

Os vereadores César Brito, Regilda Santos e Jefferson Santos não compareceram à sessão, os demais votaram a favor.

Subserviência
Após escolha da nova mesa diretora da câmara, vereadores foram prestar
contas com o prefeito de Bacabal.
Apesar de independentes, os poderes executivo e legislativo bacabalenses vão além da harmonia. A câmara continua sendo uma espécie de porão da prefeitura, onde se tenta esconder as bandalheiras promovidas pelo atual prefeito a quem foram dar satisfação do dever cumprido após a eleição.


Com os integrantes do bloco situacionista também estavam Erivelto Martins e Irmão (Des)Leal que até então eram oposição ao governo.

Com a maioria daqueles que são muito bem pagos pela população para lhe fiscalizar, Edvan Brandão deve ter mais tranquilidade para levar em frente sua sanha por dinheiro e poder.

LEIA TAMBÉM:

PREFEITO OSTENTAÇÃO SE UNE A JAIME ROCHA EM TROCA DO SILÊNCIO DA TV MEARIM