PREFEITO PAU MANDADO E CALOTEIRO! Dezessete servidores do SAMU de Bacabal são demitidos por perseguição política e sem receber dois meses de salários

13/11/2018
Assim que assumiu interinamente os destinos do município de Bacabal, o então presidente da câmara municipal se notabilizou como um gestor sem pulso, incapaz, encoleirado pelo deputado estadual Roberto Costa (MDB), pelo senador João Alberto (MDB) e até por Maria José Carvalho, ex-prefeita de São Luis Gonzaga do Maranhão, que são quem verdadeiramente dão as cartas na administração, contratando, demitindo, celebrando contratos e etc.

Agora, depois de eleito pela força da compra de votos e uso indevido da máquina pública, houve quem esperasse algo de novo por parte de Edvan Brandão (PSC), mas foi ledo engano.

Ele continua o mesmo, sem força de decisão e acuado.

A maior prova é que diante da pressão se viu obrigado a voltar a morar em sua fazenda, no povoado Bela Vista, para tentar se manter longe do assédio da população, sobretudo, dos servidores contratados e explorados durante o período eleitoral, muitos obrigados a trabalharem em turno dobrado servindo o município e a campanha dos candidatos bancados pelos cofres da prefeitura.

Parte desses, foi demitida no dia seguinte ao pleito que elegeu Edvan a prefeito, pior que isso, nenhum até hoje recebeu seus salários, a exemplo de 17 servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que nesta terça-feira (13) amanhecerem na porta da sede do poder executivo para onde foram mandados pela direção para cobrar seus vencimentos de setembro e outubro.

No entanto, até o momento não há sequer promessa de quando esses pais e mães de família poderão colocar a cabeça no travesseiro sem a preocupação com o aluguel de casa, mensalidade da escola dos filhos, com o que comer e vestir e ainda com a conta atrasada no comércio local que indiretamente também acaba pagando um alto preço pela irresponsabilidade dessa desastrosa gestão do grupo João Alberto que tempos atrás já fez o mesmo.

SAMU DE LUTO!
Em solidariedade aos ex-companheiros de trabalho os demais servidores do SAMU que escaparam da decola postaram no grupo deles de WhatsApp uma foto com a logomarca do órgão em preto e branco simbolizando luto.

Esse sentimento é compartilhado por outros setores da administração municipal que também tiveram servidores demitidos sem o justo e devido pagamento dos seus salários.

ENQUANTO ISSO...

Leia também

Next
Faça seu comentário

3 comentários: