Blog do Sérgio Matias

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. (Mateus 7:15)

30/11/2018

ESCUDO HUMANO! Câmeras de circuito de vigilância mostram pavor de moradores na mira das armas do bando “Novo Cangaço” em Bacabal

As imagens que a TV Difusora Bacabal teve acesso com exclusividade - e que foram ao ar nesta sexta-feira (30) no programa Bandeira 2, apresentado por Romário Alves - são das três câmeras do circuito de vigilância do Posto de Combustível Paizão, e registram os momentos de pânico vividos por dezenas de pessoas, entre adultos, crianças e idosos que ficaram na mira do armamento de grosso calibre que o bando “novo cangaço” carregava.

Assustados ao perceberam as primeiras movimentações estranhas e ouvir o som dos tiros as pessoas começaram a procurar abrigo para se proteger. Algumas adentraram o matagal que existe por trás do posto, mas a maioria correu para dentro do restaurante do mesmo estabelecimento achando que estariam salvas, porém, parte do bando entrou no local e obrigou todos a saírem.

Mulheres, crianças e idosos foram poupados, já os homens foram pegos de reféns e colocados como escudo humano em cima dos capôs e sentados nas portas dos veículos utilizados pelo bando para continuar empreendendo fuga.

Nas gravações, que não captaram o áudio, é possível ver com nitidez o pavor dessas pessoas.
Um homem ficou em choque e praticamente não conseguiu andar, foi quando ele acabou agredido com um pontapé na perna. Uma senhora idosa ficou imóvel, como se não acreditasse no que estava presenciando. 
As cenas começam a meia-noite e quarenta minutos e toda a ação no posto de combustível não dura muito tempo e também é possível ver o caminhão baú utilizado pelo bando para carregar parte do dinheiro roubado horas antes. O veículo é o mesmo tomado de assalto do caminheiro que até hoje encontra-se desaparecido.

Assista abaixo um pequeno trecho das imagens exibidas nesta sexta-feira (30) no programa Bandeira 2 (TV Difusora). A reportagem completa será postada no canal da emissora no Youtube.