Em entrevista coletiva, secretário de segurança confirma número de criminosos que agiram em assalto em Bacabal

27/11/2018
Assista entrevista coletiva concedida na manhã desta terça-feira (27) pelo secretário de segurança pública Jefferson Portela, em São Luís.

Em sua fala o secretário deu informações atualizadas sobre a caçada ao restante do bando criminoso que invadiu, aterrorizou e assaltou uma central de distribuição do Banco do Brasil nos fundos da agência da rua Magalhães de Almeida, em Bacabal.

O "Novo Cangaço", formada por cerca de 78 integrantes efetivos, é considerada a maior organização criminosa do Nordeste e age em todo o Brasil.

No entanto, na ação em Bacabal participaram pouco mais de 30 criminosos, informação confirmada pelo secretário.

A Secretaria de Segurança também diz que já identificou as pessoas que têm relação com a quadrilha em nosso estado.

Fato novo
Na entrevista Jefferson Portela disse que pessoas da população estão procurando a delegacia para devolver montantes furtados durante a ação do bando. Uma delas, segundo o próprio secretário, foi o soldado do Corpo de Bombeiros do Maranhão Luis Gustavo Lima Mendes que compareceu a 16ª Delegacia Regional para devolver R$ 5 mil.

Jefferson Portela garantiu que a determinação é que ele seja autuado por furto noturno e que será apurado se Gustavo só estava de posse da quantia devolvida. "Não temos como saber se ele pegou só cinco mil, ele se colocou numa situação grave porque é servidor público e tem o dever de não cometer crime, como qualquer cidadão", disse.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: