Pastor evangélico é conduzido à delegacia após denúncia falsa de sequestro relâmpago e assalto

05/10/2018
Por volta das 22 horas desta quinta-feira (04) a guarnição da Policia Militar foi acionada pela Central de Operações (COPOM), do 15º BPM, dando conta de um homem que se identificou como pastor evangélico, morador do município de Pedreiras, e alegou ter sido vítima de sequestro relâmpago e assalto.

Everton Inocêncio Machado, de 33 anos de idade, estava na rodovia Br-316, em frente ao Hotel Jainara, em Bacabal, e relatou que teria sido alvo de um homem que lhe rendeu nas imediações da cidade de Matões do Norte, o trouxe até Bacabal - onde foi levado em uma agência bancária para realizar saques -, lhe deixando a pé em seguida e fugindo com seu veículo Fiat/Siena Essence, de cor branca, placa OJE-5696, São Mateus do Maranhão.

“Eles pegaram meu carro, me fizeram correr. Sou paranaense e pastor evangélico há 10 anos, eles me abordaram na beira da estrada quando parei para lanchar e me trouxeram para Bacabal, me levaram no banco, mas não pude sacar o dinheiro porque a conta é conjunta”, disse a suposta vítima.
Entretanto, após algumas averiguações sobre o caso, a guarnição policial foi informada, que, na verdade, o veículo havia sido deixado pelo próprio pastor na rua dos Prazeres, bairro Trizidela. De acordo com a polícia, a esposa de Everton Machado confirmou que ele exerce o pastorado, porém, faz uso de remédio controlado em virtude de tratamento contra o vício em drogas.
Como estava sob o efeito de álcool, Evertor foi conduzido até o 1º Distrito Policial para ser ouvido pelo delegado plantonista e esclarecer algumas dúvidas que ainda pairam sobre o caso.

Bandeira 2

O repórter Romário Alves acompanhou o desenrolar da ocorrência e ouviu o pastor. A reportagem completa vai ao ar nesta sexta-feira (05), a partir das 6h45, no programa Bandeira 2 (TV Difusora).

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: