Morte de bandido atingido a bala em Bacabal não tem ligação com disputa política

19/10/2018
Werter Willians Oliveira, de 27 anos de idade, faleceu na manhã desta sexta-feira (19), por volta das 07h40, no Hospital Regional Laura Vasconcelos, após ter passado por cirurgia.  Werter deu entrada naquela casa de saúde em estado grave, após ter sido alvejado por aproximadamente 03 (três) disparos de arma de fogo (Braço, abdômen e costas).

O motorista do veículo em que a vítima estava, identificado como Darlan Leandro,  foi baleado na perna e braço.

Um advogado que também estava no veículo conseguiu fugir pulando do carro ainda em movimento, segundo informações repassadas à imprensa.

Werter era tido como bandido de alta periculosidade, tendo inclusive sido preso por várias vezes, a última por cumprimento de mandado expedido em razão da acusação da sua participação em uma tentativa de assalto ocorrida a uma residência em Timon, em novembro de 2017.

O acusado foi localizado por uma guarnição da Força Tática, do 15º BPM, em um lava-jato na rua Osvaldo Cruz. De acordo com Sargento Nadson, o acusado ao avistar os policiais tentou empreender fuga pulando muros de quintais, mas foi contido e apresentado na delegacia. 

Por vasta folha corrida no submundo do crime é mais provável que sua morte tenha acerto de contas como motivação, diferente da conotação política dada eqiivocadamente por alguns meios de comunicação, um deles atrelado ao candidato Edvan Brandão que chegou a afirmar que a vítima carregava dinheiro proveniente da campanha do seu principal opositor.

Em conversa com o titular do blog, César Brito repudiou o que ele classificou de desespero do gestor interino por conta da iminente derrota nas urnas.


Edvan, aliás, chegou a lamentar nas redes sociais a morte do bandido.

Faça seu comentário

0 comentários: