Eleitores de Edvan Brandão arrancam adesivos e aderem à Cesar Brito

09/10/2018

A onda que empurrou a oligarquia Sarney para longe da política maranhense e reelegeu Flávio Dino (PCdoB) a governador ainda no primeiro turno, começa a chegar em Bacabal onde haverá eleição suplementar para a escolha dos novos prefeito e vice-prefeito.

Apoiado pelo clã Sarney, o gestor interino Edvan Brandão (PSC), que deu totais garantias que Roseana teria a maioria de votos no município, vive atormentado e deve ser o próximo a ser levado pela enxurrada.

É que os efeitos da derrocada da oligarquia já dão sinais em Bacabal.

No final da tarde desta terça-feira (9) eleitores do gestor interino estiveram em um evento da campanha de César Brito, apoiado pelo governador, para declararem a mudança de lado.

Adesivos de Edvan Brandão com os seus candidatos a deputado foram arrancados e substituídos pelos do 23, número de Cesar Brito na urna eleitoral.

Veja abaixo.
Efeito Coronel Egídio

Quem também arrancou os adesivos de Edvan foi o vereador Coronel Egídio (MDB), aliado do senador João Alberto, mas que se declarou decepcionado com o grupo que o abandonou e o perseguiu durante a campanha para deputado estadual. Entenda o caso acessando os links abaixo.

VOTAÇÃO EM BACABAL: Roberto Costa admite decepção e diz que atrapalharam seus planos

Coronel Egídio desmente bravata publicada por Edvan Brandão no Instagram


LEIA TAMBÉM:

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR: Respirando por aparelhos oligarquia Sarney teme ser derrotada em Bacabal

Candidatos mais votados em Bacabal após 100% das urnas apuradas

Flávio Dino é reeleito governador do Maranhão

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: