HEPATITES B e C: Doença silenciosa causada por vírus que atinge principalmente o fígado

19/09/2018

As Hepatites B e C são inflamações no fígado causadas por vírus e constituem um grave problema de saúde pública no mundo.

As hepatites B e C costumam ser silenciosas e acabam sendo descobertas quando a doença já está muito evoluída, com cirrose ou até com câncer de fígado (hepatocarcinoma).

Vias de contágio

A Hepatite B é transmitida pelo esperma e secreção vaginal (via sexual) e pelo contato com sangue (via parenteral, percutânea e vertical).

A transmissão do vírus da Hepatite C ocorre, principalmente, pelo contato com sangue (por via parenteral). A transmissão sexual é pouco frequente, ocorrendo principalmente em pessoas com múltiplos parceiros e com práticas sexuais de risco (sem uso de preservativo).

Sendo assim, a transmissão das Hepatites B e C pode ocorrer pelo compartilhamento de objetos contaminados como lâminas de barbear e de depilar, escovas de dentes, alicates de unha, instrumentos para uso de drogas injetáveis (cocaína, anabolizantes e complexos vitamínicos), inaláveis (cocaína) e pipadas (crack), uso de materiais não esterilizados para colocação de piercing e para confecção de tatuagens, através de acidentes com exposição a material biológico e procedimentos cirúrgicos, odontológicos e de hemodiálise, em que não se aplicam as normas adequadas de biossegurança.

Sintomas

É muito comum que pessoas portadoras de hepatites não apresentem nenhum sintoma. Caso ocorra são os mesmos das outras hepatites: falta de apetite, náuseas, vômitos, diarreia, febre baixa, dor de cabeça, mal estar, cansaço, dores no corpo, evoluindo para icterícia (amarelão) e dor abdominal.

O diagnóstico precoce é determinante para evitar a transmissão ou a evolução da doença e suas consequências. De acordo com a Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH), “muitas pessoas só percebem que estão doentes quando a doença já está em estágio avançado, com ocorrências avançadas de cirrose ou câncer de fígado”.

Dra. Ana Leatrice alerta ainda que muitas pessoas são portadoras dos vírus B ou C e não sabem, correndo, assim, o risco de a doença se tornar mais grave, como cirrose ou até câncer. É por essa razão que consultar um médico com frequência é importante.

Dra. Ana Leatrice
Médica Gastroenterologista e Hepatologista

Centro Médico Mauricio Carvalho
(99) 3621-7780 / 99108-4165 / 98219-1212 (whatsapp)
Rua Magalhães de Almeida, 606 - Centro
Bacabal-MA.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: