Anão é preso em Bacabal acusado de participação no assassinato de homossexual morto com diversas facadas

13/09/2018
A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, cumpriu mandado de prisão em desfavor de Antonio Aragão Ramos da Silva Júnior, o ‘Julinho’. Ele é acusado de participação da morte de Yarley Ribeiro, morto com várias facadas em uma residência da rua dos Prazeres, bairro Trizidela, em Bacabal, em 25 de maio desse ano.

Com passagens pela polícia pela prática de assalto e tráfico de drogas, a vítima, também conhecida como ‘Beatriz’, vinha sendo apontada como autora de uma série de delitos.

Informações repassadas à polícia davam conta que ‘Beatriz’ chegou a ser esfaqueada ainda fora do imóvel para onde teria corrido tentando escapar.

Pelas paredes da residência onde a vítima caiu morta havia marcas de sangue. Os golpes atingiram várias partes do corpo.

‘Beatriz’ residia no município de Conceição do Lago Açu, mas costumava vir a Bacabal onde mora uma de suas irmãs, no bairro da Areia.
Na delegacia, ‘Julinho’ confessou ter participado - na companhia de pelo menos cinco pessoas - da perseguição a vítima, entretanto, negou ter desferido os golpes de faca. Pelo menos em entrevista concedida ao repórter Romário Alves (TV Difusora), ele não declinou o nome de nenhum comparsa.

Ainda de acordo com ‘Julinho’, a vítima teria furtado o celular da companheira dele e havia se comprometido a pagar, porém, não honrou a promessa. “Estava me devendo cem reais, por causa que ele tinha roubado o celular da minha coroa. Fui atrás dele, só que não fiz nada, só corri atrás mesmo. Ele tinha outras tretas”, disse.

No último dia 17 de agosto, a Polícia Civil cumpriu havia cumprindo mandado de prisão preventiva em desfavor de Ronilson de Oliveira Costa, 18 anos de idade, conhecido como “Zomin”, morador do bairro Trizidela, que teria confessado participação na morte de Iarley Ribeiro e de outras duas vítimas.

Bandeira 2

A reportagem completa sobre a prisão de ‘Julinho’ irá ao ar nesta sexta-feira (14), a partir das 06h45, no programa Bandeira 2 (TV Difusora), apresentado por Romário Alves.

LEIA TAMBÉM:

Polícia Civil tenta elucidar homicídios de jovem e homossexual mortos na última semana em Bacabal

Faça seu comentário

0 comentários: