PUBLICIDADE

Anuncie_Aqui
Tecnologia do Blogger.

Teste Teste Teste

DUDA BIJOUX

DUDA BIJOUX

DEPÓSITO DE BEBIDAS

DEPÓSITO DE BEBIDAS

FACEBOOK

FACEBOOK

PROMOÇÃO DE FINAL DE ANO! SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES

TV ÁGAPE (canal 40)

TV DIFUSORA (canal 2)

TV DIFUSORA (canal 2)

PESQUISAR

Arquivo do blog

ELEIÇÕES 2016

ELEIÇÕES 2016

Postagens populares

PERFUMES & PRESENTES

PERFUMES & PRESENTES

RÁDIO MIX

RÁDIO MIX
TV Difusora, canal 2, 6h15

LinkWithin

FANPAGE

Publicidade

BANNERS_GERAL_julho_3

O dia em que o deputado Roberto Costa pôs fim a uma guerra em Bacabal



É sabido por todos que o município de Bacabal vive um dilema político desde que, em outubro de 2016, seu povo elegeu José Vieira Lins, de 82 anos, para o terceiro mandato à frente do poder executivo.

Tendo disputado o pleito com a candidatura sub judicie o atual mandatário venceu a disputa e até hoje se mantém firme no cargo, apesar das constantes investidas que seus adversários têm feito para destrona-lo, seja usando a bancada de vereadores oposicionistas na Câmara Municipal, seja via judicial.

Em nenhuma delas obtiveram êxito.

Ainda assim, como consolo, alguns correligionários incentivados pelo próprio Roberto Costa, candidato a prefeito derrotado e ainda deputado, insistiam em tentar confundir a opinião pública afirmando que Zé Vieira estava afastado e não respondia mais como prefeito.

Entretanto, no puro afã de aparecer na mídia e tirar vantagens políticas com a situação dos desabrigados pela cheia do Rio Mearim, Roberto gravou um vídeo pelo celular e compartilhou nas redes sociais onde aparece em um dos abrigos improvisados pela prefeitura. Na sua fala é ele taxativo e direto: “Prefeito Zé Vieira, aqui quem tá falando é o deputado Roberto Costa..” Segundos depois essa frase já repercutia intensamente na internet.
Sem que desse conta, o deputado pôs fim a guerra de palavras e versões que há meses era travada em grupos de WhatsApp e em seus meios de comunicação, onde correligionários repetiam a ladainha de quem era ou não era o prefeito.

Cobrado pelo vacilo cometido, restou a Roberto pedir desculpas e determinar que o tema fosse abortado das rodas de discussão. “Temos que traçar outra estratégia”, teria dito ele.

Ave agoureira

Com o prefeito deixado de lado, Roberto Costa (MDB) concentra sua artilharia agora no também deputado Carlinhos Florêncio (PCdoB) com quem travou um bate-boca no plenário da Assembleia Legislativa na sessão desta quinta-feira (19)

REVEJA:
Compartilhar:
← Anterior Proxima → Inicio

FACEBOOK

Arquivo

Rádio Timbira

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

EMPÓRIO DOS COSMÉTICOS

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ALUGADORA VISUAL

ALUGADORA VISUAL

BANDEIRA 2

BANDEIRA 2

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE