SAAE continua lutando para sanar problemas de falta d'água em algumas áreas de Bacabal

26/03/2018


Talvez não haja nada que cause mais transtornos nos lares e em outros ambientes do que a falta d’água. Ela impede que saciamos a nossa sede, evita o precioso banho, a escovação de dentes e os afazeres domésticos que vão da limpeza às refeições. Portanto, não é à toa que os setores responsáveis pelo abastecimento nos municípios estão constantemente tendo que dar explicações sobre o interrompimento no fornecimento desse líquido mais do que precioso.

Os problemas acontecem, na maioria das vezes, por questões naturais - como a crise hídrica que já se transformou em um desafio global – aliadas ao desperdício e aos problemas de ordem técnica. A última, a menos difícil de resolver.

Não diferente das outras cidades brasileiras, Bacabal também convive com essa situação que, volta e meia, é utilizada politiqueiramente, muito embora sejamos sabedores dos esforços que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) faz para sanar demandas.

Nos últimos dias, por exemplo, as equipes técnicas do órgão têm se desdobrado para resolver ao mesmo tempo inúmeros problemas, com a troca de bombas d’água, perfurações de poços e etc.

Assim tem também tem sido feito em bairros como Trizidela, Novo Bacabal e outros.
Alto Cururupu

Na última semana, representantes do SAAE e da Secretaria Municipal de Emprego e Renda estiveram no Alto Cururupu, quando, acompanhados da vereador Regilda Santos (REDE) e de moradores (inclusive da rua Luis Domingues) visitaram o terreno onde será perfurado um poço tubular para suprir a carência no abastecimento de água naquela região, fato que vem se arrastando há anos.

Essa iniciativa tem o apoio do Governo do Estado e é fruto de uma das tantas intervenções do prefeito Zé Vieira ao governador Flávio Dino.

Venho, através da imprensa, mais uma vez agradecer a ajuda do prefeito Zé Vieira e do nosso governador Flávio Dino, como também pedir a população bacabalense que acredite no nosso trabalho. Existem e sempre existirão problemas, somos sabedores, mas, também é preciso que seja dito e reconhecido que estamos incessantemente imbuídos dos melhores propósitos visando oferecer um serviço de excelência. Que maravilha seria não termos que conviver com a falta d’água, sobretudo, em nossas casas. Investimento não tem faltado, isso eu garanto”, disse Ramon Braga, diretor do SAAE Bacabal.

Transparência

Ramon também ressalta que tem zelado pela transparência em sua gestão, tanto é que já apresentou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) a prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2017, como mostra recibo abaixo.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: