REVIRAVOLTA! Grupo político de Zé Vieira une forças e consegue aprovação do Curso de Medicina para Bacabal; Implantação havia sido negada pelo MEC

09/03/2018

Depois de frustradas as primeiras tentativas de ter implantado em nosso município o tão sonhado Curso de Medicina, o prefeito Zé Vieira (Progressista) determinou que todo o esforço necessário fosse empregado e novo recurso foi elaborado no sentido de reverter decisão anterior. Junto à isso, também se somou a força de vontade do deputado federal André Fufuca (Progressista), do deputado estadual Carlinhos Florêncio (PHS) e do vice-prefeito Florêncio Neto (PHS) que na última quarta-feira (7) estiveram pessoalmente em Brasília reforçando o pedido no Ministério da Educação. “Estamos em Brasília em busca de parcerias para que a cidade de Bacabal continue em desenvolvimento. Hoje em uma reunião específica, juntamente com Florêncio Neto e o deputado federal André Fufuca, com o Ministro da Educação Mendonça Filho, solicitando que seja aceito o recurso apresentado pela Prefeitura municipal de Bacabal, na luta pela implantação do Curso de Medicina em nosso município. Este é nosso trabalho, lutar pelo avanço de Bacabal e do Estado do Maranhão. Continuamos firmes no propósito de desenvolver ainda mais a nossa cidade de Bacabal”, disse Florêncio.

Essa força-tarefa obteve êxito e nesta sexta-feira (9) no Diário Oficial da União foi publicada a Portaria nº 152, de 8 de março de 2018, que finalmente regula a implantação e o funcionamento de curso graduação em medicina em Bacabal, além de outros três municípios maranhenses: Açailândia, Codó e Santa Inês. A notícia foi dada em primeira mão pelo jornalista Dirgo Emir, que deixa claro que a aprovação desta vez, é vinda de recursos apresentados pelos municípios.
Agora, com a aprovação, as faculdades deverão apresentar o Termo de Compromisso com a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação (Seres), para efetivar a inclusão.
Atualmente no Maranhão existem cursos de medicina nas cidades de São Luís (UFMA e CEUMA), Imperatriz (UFMA e CEUMA), Pinheiro (UFMA) e Caxias (UEMA).
Politicagem
A implantação do curso em Bacabal é um anseio antigo da sociedade bacabalense, sobretudo, da juventude que almeja ingressar na promissora carreira. Por isso mesmo, a questão foi usada politiqueiramente por diversas vezes. O deputado Roberto Costa (PMDB), por exemplo, se utilizou bastante do fato garantindo que estaria empenhado e, inclusive, deu garantias que já estaria aprovado.
Reação
Mas, enquanto Roberto derramava lágrimas de crocodilo e procurava achar culpados, o grupo liderado por Zé Vieira arregaçou as mangas e, enfim, conseguiu a tão sonhada aprovação para a implantação do curso.
Mais uma batalha vencida...

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: