João Alberto é assassinado 1 mês após a tia ser executada em Bacabal; polícia descarta relação entre os dois crimes

13/01/2018


A mãe da vítima (de vestido verde) ajudando a recolher o
corpo do filho.
Carlos Alberto Monteiro Gomes, de 24 anos, conhecido como ‘João Alberto’, foi encontrado sem vida na noite desta sexta-feira (12), em uma rua entre os bairros Pedro Brito e Setúbal, em Bacabal.

A mãe da vítima chegou ao local quando o corpo, com três perfurações de bala, ainda estava no chão. Na companhia de outras pessoas ela ajudou a retira-lo para a carroceria de uma picape e contou que a última vez que viu o filho com vida foi na hora do jantar.
Familiar ao lado do corpo de João Alberto.
Corpo no necrotério.
‘João Alberto’ tinha passagens pela polícia por vários crimes e é sobrinho de Marinete Monteiro do Nascimento, 42 anos, dona de casa também conhecida como Kátia, que no último dia 14 de dezembro foi executada em uma residência na rua Santo Antonio, bairro Pedro Brito.

Os dois homicídios estão sendo investigados pela Polícia Civil. É praticamente certo que os crimes de tia e sobrinho não tenham nenhuma relação. 

Bandeira 2
Repórter Romário Alves entrevistando a mãe da vítima.
O repórter Romário Alves (TV Difusora) acompanha o caso e todos os detalhes serão levados ao ar nesta segunda-feira (15),  a partir das 6h15, no programa Bandeira 2.

LEIA TAMBÉM:

Mulher é alvejada a bala e morre a caminho do hospital em Bacabal

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: