Idosa fica sem dinheiro de empréstimo após ser vítima de dupla de golpistas em Bacabal

04/01/2018


Em conversa com o repórter Romário Alves (TV Difusora)
 a idosa e a filha detalharam o ocorrido.
Na manhã desta quinta-feira (4) a lavradora Maria Nazaré Cantanhede, de 56 anos, moradora do povoado Encruzilhada da Taboca, zona rural de Bacabal, ao sair do interior da agência do Banco Bradesco, na rua Getúlio Vargas, na companhia de uma das suas filhas, foi abordada por um senhor de cabelos brancos, trajando camisa mangas longas e calça jeans, que, segundos antes, havia deixado cair um “documento”, posteriormente, juntado do chão por uma jovem de cabelos vermelhos e aparelho dentário (na verdade comparsa do golpista) que fingiu o ter encontrado.

Logo em seguida, a jovem perguntou para a idosa se o tal documento era dela, foi quando, de imediato, o golpista se aproximou novamente agradecendo as duas e oferecendo presentes como recompensa.

Ele pediu que elas fossem, uma de cada vez, buscar seus “presentes” em uma loja próxima. A primeira a ir foi a jovem comparsa do golpista que, logo, retornou com o suposto presente, um relógio de pulso, o que deixou a idosa empolgada.

Mesmo cansada a lavradora Maria Nazaré, foi com a filha Maria das Dores até a loja, que, então, souberam que nunca existiu, pois quando retornaram o casal simplesmente havia desaparecido com a quantia de R$ 2.600,00 (dois mil e seiscentos reais) referente a empréstimo feito para custear um tratamento de saúde que estava dentro da bolsa que ficou com a dupla de golpistas.

O cartão bancário e os documentos pessoais da vítima também foram levados.
A idosa ficou sem o dinheiro e sem os documentos
pessoais.
Bandeira 2

Na delegacia, onde foram registrar a ocorrência, idosa e filha conversaram com o repórter e apresentador Romário Alves (TV Difusora). A reportagem completa será exibida nesta sexta-feira (5), a partir das 6h15, no programa Bandeira 2, e, ao meio-dia, no Na Hora D, com Samuel David.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: