Homem que há dois anos matou jovem por causa de um boné, é vítima de tentativa de homicídio em praça de Bacabal

23/01/2018


Tentativa de homicídio ocorrida na noite do último sábado (21), na praça da Juçara, em Bacabal, teve como vítima Antonio Flávio dos Santos, de 30 anos, vulgo ‘Flavinho’. Golpeado, ele foi socorrido por populares e encaminhado ao Hospital Regional Laura Vasconcelos.

A princípio, duas informações chegaram até à imprensa: uma dando conta que o crime havia ocorrido na área de um bar onde acontecia festa de reggae; a outra afirmava que a vítima foi atingida a faca.

No entanto, na manhã desta terça-feira (23), durante o programa Bandeira 2 (TV Difusora), apresentado por Romário Alves, as duas versões foram desmentidas pela proprietária do estabelecimento. Segundo ela, ‘Flavinho’ se envolveu em uma confusão pelas imediações do escritório da Cemar, no bairro da Areia, e ao tentar se livrar dos desafetos foi golpeado próximo ao bar.  “A briga veio de lá para cá, não aconteceu aqui no meu estabelecimento, para isso coloco seguranças. Não foi facada, foi com garrafa.”, disse.

‘Flavinho’ já se encontra em casa, no bairro Trizidela.

Ele é acusado do crime de homicídio praticado, em 05 de fevereiro de 2016, contra o pintor José Firmino Filho, conhecido como ‘Jailson’, morador da rua 28 de Julho, centro de Bacabal, que foi morto com um golpe de faca na barriga.

‘Flavinho’ chegou a passar um período foragido, até ser preso e confessar ter matado a vítima durante discussão por causa de um boné quando ambos faziam uso de crack.
Faça seu comentário

0 comentários: