Cigano preso tentando aplicar golpe em Peritoró é homicida e foragido da justiça goiana

19/01/2018


Na manhã desta sexta-feira (19) a Delegacia de Polícia Civil de Peritoró foi informada que um dos ciganos presos na última quarta-feira (17), até então identificado apenas por ‘Luciano de Além’, na verdade chama-se Elias Alves Bispo, alagoano, e foragido da Justiça do Estado de Goiás.

Ele é acusado da prática de um homicídio na cidade de Goianira/GO e quando foi preso estava escondido no povoado Caxuxa, em Alto Alegre do Maranhão, portando documentos pessoais falsos que tentou aplicar golpe de estelionato na agência do Banco do Brasil.

A Polícia Civil de Peritoró deu o cumprimento formal ao mandado de prisão expedido pela justiça de Goiás, devendo o preso ficar temporariamente na Unidade Prisional de Coroatá, até a sua transferência.

Quando foi preso na quarta-feira (17), Elias Alves estava na companhia de outro cigano identificado como Neri Reis Montenegro dos Santos.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: