Acusado de latrocínio tentado é preso em Bacabal; Crime ocorreu em 2016 e vítima sofreu cerca de vinte golpes de faca pelo corpo

17/01/2018


Na manhã desta quarta-feira (17) investigadores da 16ª Delegacia Regional de Bacabal cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de Erisvan Ribeiro Alves, de 33 anos, vulgo ‘Cigano’, morador do bairro Pedro Brito. Ele é acusado de latrocínio tentado, crime ocorrido em 16 de julho de 2016, nas proximidades do Cemitério do Axixá, e que teve como vítima Lindomar Sousa Pereira.

De acordo com a denúncia, Lindomar foi golpeado por cerca de vinte facadas pelo corpo quando saia à noite do cemitério onde, supostamente, fazia uso de drogas. Horas antes, ele teria trabalhado em um parque de diversão e recebido dinheiro pelos serviços prestados.

Além de ‘Cigano’, outras três pessoas são citadas como autoras do crime: Adriana do Nascimento Lopes, Francisca das Chagas Marques Cardoso e Isaias Lima Rodrigues. As duas mulheres cumpriram a pena no todo ou em parte, já Isaías faleceu assassinado.

Apesar da gravidade dos ferimentos, a vítima foi socorrida e encaminhada para o hospital na garupa de uma motocicleta e, felizmente, sobreviveu.

Lindomar reside no povoado Brejinho.
Nesta quarta-feira ‘Cigano’ foi preso quando se encontrava aguardando atendimento no Centro Pop, no bairro da Areia. Ele ainda responde por outros crimes, como roubo no município de Chapadinha e furto de uma motocicleta em Bacabal.

Leia também

Next
Faça seu comentário

0 comentários: