PUBLICIDADE

BANNERS-janeiro-2018-1.gif

domingo, 14 de janeiro de 2018

Acusado de improbidade administrativa, presidente da Câmara de Bacabal tem prazo para se manifestar e afastamento do cargo é iminente



Despacho do Juiz de Direito João Paulo Mello, titular da 4ª Vara da Comarca de Bacabal, datado da última sexta-feira (12), manda que o presidente da Câmara de Bacabal, Edvan Brandão (PSC), se manifeste em sua defesa em um prazo de 15 dias.

Edvan Brandão é alvo de ação na justiça pedindo o seu afastamento do cargo de presidente do poder legislativo por claros e evidentes atos de improbidade administrativa.

Além de perder o cargo de presidente, Edvan também deverá ficar inelegível.

E MAIS

É salutar ressaltar que, diferente do que Edvan tentar passar para a opinião pública através da assessoria da Câmara Municipal, a decisão do juiz apenas seguiu o que diz a lei da improbidade em seu art. 17, parágrafo 7. Estando a inicial em devida forma, o juiz mandará autuá-la e ordenará a notificação do requerido, para oferecer manifestação por escrito, que poderá ser instruída com documentos e justificações, dentro do prazo de quinze dias.
ENTENDA O CASO:

Edvan Brandão vive inferno astral e pode ter mandato cassado por improbidade administrativa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...