PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

banners-novembro-3.gif

sábado, 11 de novembro de 2017

Encontro de implantação do 1º CVV do Maranhão é realizado em parceria com a Paróquia Sant'Ana e São Joaquim


Na última quarta-feira (8) o Centro Paroquial de Sant’Ana e São Joaquim foi o local de um momento histórico não só para Bacabal, mas também para o Maranhão, com o encontro que visou o lançamento do primeiro núcleo do Centro de Valorização da Vida (CVV) no Estado.

Fundado em São Paulo, em 1962, o CVV é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal em 1973 e é mantenedora do Programa CVV de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio.

Em Bacabal, esse grande e importante passo foi dado através do Padre Ribamar Cardoso Lima, Pároco de Sant’Ana e São Joaquim, que acredita no papel da Igreja em trabalhar não somente o lado espiritual dos fiéis, mas o todo do homem, para que de fato tenha vida e vida em abundância, como sonhou Jesus (João 10,10). “O CVV é uma resposta para a realidade em que estamos vivendo e é um espaço para a prevenção do suicídio. Hoje é apenas o primeiro passo, a fim de unir forças para a implantação desse posto, já que necessita de muitos voluntários”, disse.
Com a presença dos fiéis paroquianos, advogados, representantes da sociedade civil em geral, do poder público e profissionais relacionados ao setor da Saúde, também participou do encontro o Coordenador da Comissão Nacional de Expansão do CVV – João Régis da Silva, que ressaltou a importância do programa e o desejo de leva-lo até 2020 a todo o território nacional, já que está presente no Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Piauí, Roraima, Acre, Amapá, Rondônia e Rio de Janeiro.

Segundo dados do relatório de setembro de 2007, a ocorrência de suicídios aumentou 60% nos últimos 50 anos. Atualmente é uma das principais causas de morte entre os jovens e adultos de 15 a 34 anos”, destacou Régis para mostrar a importância de implantação do núcleo na cidade. 

Para agilizar o processo de implantação do CVV, Padre Ribamar foi escolhido como coordenador, e na mesma reunião, já foi definida toda a equipe, composta de pessoas de vários setores da sociedade ali presentes. Uma reunião com toda a equipe foi realizada na quinta-feira (9).

Os próximos passos serão o treinamento dos voluntários durante 15 dias, já que estes são os responsáveis pelo atendimento gratuito de apoio emocional, oferecido a todas as pessoas que querem e precisam conversar sobre suas dores e descobertas, dificuldades e alegrias.

O espaço foi cedido pelo poder público municipal e funcionará em uma das salas do Hospital Geral de Bacabal, o Socorrão, onde Padre Ribamar e João Régis estiveram visitando e foram recebidos pela diretora Jane Aguiar e equipe.
Em março está programada a finalização de todo o processo inicial e a inauguração do posto, que atenderá pessoas através das redes sociais, email, telefone e o contato pessoal.

No Brasil, o CVV é hoje um dos serviços mais procurados no país, com uma média superior a um milhão de ligações por ano. Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, cerca de 3 mil pessoas por dia cometem suicídio em todo o mundo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...